Trio de brasileiros da Ambev tem fortuna maior que PIB de 97 países

Dentre os três, Jorge Paulo Lemann é o com a maior fortuna, equivalente a R$ 32 bilhões

A fortuna conjunta dos empresários Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto de Veiga Sicupira e Marcel Telles, trio detentor da cervejaria AB Inbev (Ambev), da marca de catchups Heinz e da rede de lanchonetes Burguer King, chega a US$ 34,8 bilhões (cerca de R$ 69,6 bilhões) de acordo com levantamento da revista americana Forbes. O valor é maior do que o Produto Interno Bruto (PIB) de 97 países conforme levantamento do Fundo Monetário Internacional (FMI) com 188 localidades.

Dentre os países com movimentação econômica menor do que a fortuna dos bilionários brasileiros destacam-se a Jordânia, com PIB de US$ 31,2 bilhões, Letônia (US$ 28,38), Tanzânia (US$ 28,4), Bolívia (US$ 27,4) e Paraguai (US$ 25,99).

Dentre os três, Jorge Paulo Lemann é o com a maior fortuna, equivalente a R$ 32 bilhões. O homem mais rico do Brasil conforme a Forbes Jorge Paulo Lemann, conseguiu juntar US$ 16 bilhões (cerca de R$ 32 milhões) em apenas nove anos. Em março de 2004, quando se tornou bilionário e entrou no ranking da revista americana, o empresário tinha "apenas" US$ 1 bilhão (cerca de R$ 2 bilhões). Leeman ocupa a 33ª posição no ranking dos mais ricos do mundo pela mesma publicação.

O empresário de 74 anos tem um currículo diversificado: é ex-surfista e ex-jogador de tênis profissional com cinco títulos brasileiros. O investidor brasileiro, que já participou de campeonatos como Wimbledon e a Copa Davis, é o número 36 no ranking de bilionários da Bloomberg, que estimou sua fortuna em cerca de US$ 20 bilhões (R$ 40 bilhões).

Marcel Telles, de 63 anos, é o sétimo homem mais rico do Brasil, com fortuna estimada em US$ 9,1 bilhões (cerca de R$ 18,2 bilhões). Após estudar economia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ele passou a integrar o quadro de funcionários do banco Garantia, que era comandado por Lemann. Posteriormente se tornou sócio do empresário em outros empreendimentos. Atualmente está na 119ª posição no ranking dos mais ricos do mundo.

Carlos Alberto de Veiga Sicupira, ou Beto Sicupira, é o mais "pobre" do trio. Com "apenas" US$ 7,9 bilhões, atualmente ele ocupa a posição de número 150 na lista dos mais ricos do mundo da Forbes; Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atualmente ele é o décimo homem mais rico do País.

Fonte: Terra