Sine-PI: Vagas temporárias levam aumento de procura por emprego

As vagas temporárias representam a chance de uma contratação efetiva para aqueles que mais se destacam no exercício das funções

Com o final do ano batendo à porta, o comércio já está em plena movimentação para aproveitar a melhor época de vendas. Isso, por tabela, traduz-se na necessidade de contratar mais pessoal para conseguir fazer frente ao aumento da procura, fato que já tem incidido também na busca pelas vagas disponibilizadas pelo Sistema Nacional do Emprego (SINE-PI). A direção do órgão afirmou que, nos dois últimos meses do ano, a oferta de oportunidades de trabalho no sistema costuma dobrar, puxada sobretudo pelas vagas temporárias.

De acordo com Samara Rocha, diretora do SINE-PI, as vagas que mais crescem nessa época, além das relativas ao comércio em si, são as ligadas a restaurantes. ?Costumam aparecer muitas vagas de vendedor interno e externo, mas também surgem bastante oportunidades para ajudante de cozinha, garçom e barman, por exemplo?, disse a diretora do órgão.

As vagas temporárias representam a chance de uma contratação efetiva para aqueles que mais se destacam no exercício das funções. Ainda de acordo com a diretora do SINE, ?esse é um momento de oportunidades, principalmente para aqueles que buscam o 1º emprego. Isso porque, de 50 a 70% dos trabalhadores temporários acabam sendo contratados em definitivo. Mesmo os que não forem contratados acabam entrando nos cadastros de reserva das empresas, ou seja, vale a pena esforçar-se e mostrar serviço?, complementou Samara.

Para atender a tanta gente que está de olho nessas vagas, o SINE disponibilizou mais um atendente no posto do centro da capital. Enquanto em outros períodos o local costuma atender de 80 a 100 pessoas por dia, agora os atendimentos chegam a 120.

Em meados de outubro, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Teresina já havia demonstrado otimismo em relação às contratações temporárias para o período de final de ano. A expectativa é que sejam contratadas cerca de 180 mil profissionais em todo o país, e em Teresina o número pode chegar a mil novos postos de trabalho.

As contratações já se iniciam na primeira quinzena de novembro, onde o movimento no centro da cidade já é bem forte. O número total de contratações deste ano deve chegar a mil profissionais. Em 2011, o comércio varejista contratou cerca de 900 funcionários temporários.

De acordo com informações da CDL, entre os fatores para o aumento no número de contratações temporárias estão a baixa taxa de desemprego e o aumento da massa salarial que aliados à expansão do crédito vêm impulsionando as vendas do comércio. Além disso, o pagamento do 13º salário é um estímulo extra ao consumo. Todos estes fatores são um incentivo que reflete nas contratações temporárias para suprir o movimento de final de ano.

Fonte: Dowglas Lima