Venda de cestas de Natal aumentam cerca de 30% em Teresina

Venda de cestas de Natal aumentam cerca de 30% em Teresina

Este ano, no entanto, boa parte destas cestas, para surpresa do mercado, não foram compradas por empresas, mas por famílias.

Cestas de natal continuam sendo uma boa opção de presentes, e algumas delas sumiram as prateleiras antes do esperado. Este é um presente formal, mas com um toque carinhoso acrescido com o espírito de natal, compradas geralmente por empresas. Este ano, no entanto, boa parte destas cestas, para surpresa do mercado, não foram compradas por empresas, mas por famílias.

Para o Gerente de Operações de uma rede de supermercados de Teresina, Ednardo de Sousa Viana, esta ainda é uma boa opção de presente, e bastante escolhida em estados do Nordeste, porque há um fluxo muito grande de pessoas que viajam para o interior do Estado e querem agradar a família.

Ednardo revela também que este ano as vendas foram maiores que no ano passado, em pelo menos 30% e em todo o Nordeste a mesma rede de supermercados já totaliza a venda de 15 mil cestas. Os preços são variados para tamanhos de famílias e bolsos diferentes, de 21 reais a 54.

As facilidades de compra podem ser uma das explicações que fez com que as vendas se antecipassem este ano. "Dividimos em até quatro vezes no cartão, esta facilidade também estimula as pessoas a comprarem", diz Ednardo.

As cestas prontas vêm com pelo menos 16 itens entre panetones e espumantes, e também são classificadas de acordo com as marcas, que vão desde as tradicionais às mais sofisticadas.

"Este ano as clássicas acabaram ainda na semana passada, diferente do ano passado, que ainda na semana de natal, ainda tínhamos nas prateleiras", Diz o Gerente.

As peças prontas podem ser uma boa escolha para quem não tempo para se dedicar em escolher item por item, para fazer a cestas em casas, porém ainda pode ser um bom exercício, para criar e fazer algo mais personalizado.

Fonte: Sarah Fontenele