Vendas durante Black Friday crescem 0,5% em 2009

Mais de um ano depois do colapso financeiro que afetou as vendas do comércio dos Estados Unidos

Dados preliminares de levantamento feito pela companhia nacional de pesquisas ShopperTrak RCT Corp mostram que as vendas realizadas durante a Black Friday, dia seguinte ao feriado de Ação de Graças, totalizaram US$ 10,66 bilhões em 2009, crescimento de apenas 0,5% em comparação com o ano passado.

Mais de um ano depois do colapso financeiro que afetou as vendas do comércio dos Estados Unidos, observadores da indústria disseram que o movimento que levou multidões às lojas de desconto na Black Friday sinaliza um firme início para a temporada de compras. O dia é usado como importante termômetro para o setor sobre a intenção de gastos dos consumidores no período que antecede os feriados de fim de ano, semanas vitais para o comércio em todo o país. A empresa ShopperTrak RCT Corp, com sede em Chicago, apurou o desempenho das vendas em mais de 50 mil lojas.

Neste ano, muitas das promoções feitas nas lojas também estavam disponíveis na internet, o que provocou congestionamento dos websites das lojas de departamento. A empresa de análise de mercado Coremtrics informou que os dados apurados no dia mostram que os consumidores gastaram 35% mais em cada pedido feito pela internet, passando de US$ 126,04 em 2008 para US$ 170,19 por compra neste ano.

Compras feitas por meio de programas veiculados em redes de televisão também foram mais firmes. A rede de TV shopping QVC registrou um aumento de 60% em suas vendas durante a Black Friday para US$ 32 milhões neste ano.

Fonte: g1, www.g1.com.br