Vendas: Já faltam produtos de carnaval em THE

Vendas: Já faltam produtos de carnaval em THE

Em uma rede de supermercados, a expectativa de aumento nas vendas durante o carnaval 15% maior

A pesar da pouca tradição e o fim dos desfiles das escolas de samba, os comerciantes de Teresina apostam nos bailes e eventos de rua para vender neste carnaval. Mas este ano houve mudança nas características dos produtos comercializados.

Com a falta do desfile, em vez dos materiais para enfeitar os carros alegóricos, as fantasias das alas e destaques, as lojas estão vendendo materiais específicos para o folião de rua. São fantasias prontas, cornetas, confetes, serpentinas, pistolas de água e chocalhos, máscaras e tudo que chame a atenção. Alguns comerciantes perceberam a mudança, ampliaram o foco para este consumidor e esperam boas vendas. Em um armarinho do centro de Teresina, os estoques de produtos para o carnaval praticamente zeraram até ontem.

?Só sobraram as perucas. As máscaras, confetes e serpentinas foram vendidas todas?, ressaltou a gerente Maria Sales dos Santos. ?Se nós tivéssemos comprado mais, teríamos vendido tudo. Muita gente ainda procura os produtos do carnaval?, completou.

Em uma rede de supermercados em Teresina, a expectativa de aumento nas vendas durante o carnaval 15% maior que o ano passado. A previsão serve para quase todos os setores das lojas, que vendem bebidas, fantasias, enfeites e roupas apropriadas para o carnaval.

Segundo o setor de comunicação da rede, já aumentou a procura por fantasias infantis, nos temas Ben-10, Barbie, princesas e sereia. A fantasia infantil completa mais barata custa R$ 19,98. As máscaras adulto e infantil estão com preços a partir de R$ 9,98, enquanto o confete e serpentina saem por R$ 2,98 cada.

Fonte: Mateus Noronha, Jornal Meio Norte