Violência no oriente poderá levar petróleo a US$ 200

O barril de petróleo fechou na sexta-feira com cotação acima de US$ 104 em Nova York

O preço do barril de petróleo pode dobrar e alcançar US$ 200, muito acima do recorde de US$ 147 de julho de 2008, caso a revolta no mundo árabe prossiga, adverte o ministro britânico para o Desenvolvimento Internacional, Alan Duncan, na edição deste sábado do jornal The Times.

Duncan, especialista em petróleo, afirmou que o preço pode chegar a US$ 250 caso os extremistas aproveitem a instabilidade no mundo árabe para bombardear os reservatórios, oleodutos ou as reservas da Arábia Saudita. "Eu digo ao governo há dois meses (...), US$ 200 é possível se as coisas continuarem mal", declarou ao Times.

O barril de petróleo fechou na sexta-feira com cotação acima de US$ 104 em Nova York, alimentando ainda mais o temor de que uma disparada dos preços da energia afetem a recuperação econômica mundial.

Fonte: Terra, www.terra.com.br