Volkswagen eleva investimento na China em 1,6 bilhão de euros

Montante prevê a construção de duas fábricas no país emergente

A Volkswagen, maior montadora de veículos da Europa, vai construir duas fábricas na China como parte de um plano de expansão de 1,6 bilhão de euros (US$ 2,2 bilhões) elaborado para capturar o crescimento do mercado mais dinâmico do mundo.

A montadora, que opera na China por meio de duas joint-ventures, reiterou o objetivo de longo prazo de vender 2 milhões de veículos por ano no mercado chinês. "O crescimento na China superou todas as expectativas", afirmou o presidente-executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, nesta segunda-feira.

O plano de 1,6 bilhão de euros eleva o total de investimentos da Volkswagen no mercado chinês para 6 bilhões de euros. Na semana passada, um importante executivo da empresa informou à agência de notícias Reuters que a empresa aumentaria o investimento no país, mas evitou dizer o valor.

A Volkswagen vai usar os recursos, além das duas fábricas, para lançar sete modelos, entre novos e atualizados, este ano na China. O país asiático está na trajetória para superar a Alemanha como o maior mercado individual do grupo em 2010.

As vendas de carros na China dispararam quase 50% no ano passado e em 2010 alguns analistas esperam um aumento de 20%.

Fonte: g1, www.g1.com.br