Egípcio chamado de "Popeye da vida" real usou próteses ou esteroides, dizem médicos

Egípcio chamado de "Popeye da vida" real usou próteses ou esteroides, dizem médicos

Moustafa Ismail foi reconhecido como dono do maior braço do mundo.

A circunferência de 78,7 centímetros de braço que rendeu ao egípcio Moustafa Ismail o apelido de ?Popeye da vida real? dificilmente seria atingida somente de forma natural, segundo médicos. Ismail foi reconhecido pelo Guinness, o livro dos recordes, como dono dos maiores bíceps e tríceps do mundo.

?Acho muito pouco provável que, de maneira natural, só com dieta e atividade física, ele tenha atingido aquele volume de massa muscular?, afirmou o médico Alexandre Hohl, presidente do departamento de endocrinologia feminina e andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

?Eu não posso dar um diagnóstico sem ver a pessoa, mas a chance de aquilo ser natural é muito pouco provável sem algum artifício, seja anabolizante ou prótese?, ressaltou o endocrinologista.

?Por essa foto, não me parece natural?, concordou José Horácio Aboudib, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Ele acredita que o artifício possa ser, sim, uma prótese. ?Certamente não é músculo aquilo?, afirmou o cirurgião, que estranhou o formato do bíceps e do tríceps do egípcio. Um exame de ultrassom poderia confirmar facilmente a existência de um implante no braço.

Os dois médicos fizeram questão de ressaltar que nunca estiveram com Ismail e que se basearam apenas na foto.

Além da prótese, um recurso usado para aumentar os músculos é o uso de esteroides anabolizantes.

?Em geral, o que a gente já viu de casos parecidos, as pessoas misturam esteroides humanos e de uso animal para conseguir aquela hipertrofia?, apontou Hohl. ?Aquilo é uma deformidade, visto que não é proporcional ao corpo dele?, completou.

O endocrinologista afirmou ainda que o uso dessas substâncias nem sempre faz a pessoa ficar mais forte. ?Ele não necessariamente vai ser forte. Ele pode ter volume, mas não ter a força proporcional?, destacou. Para ele, a qualidade da fibra muscular é mais importante do que o tamanho do músculo.

Os esteroides anabolizantes provocam ainda uma série de efeitos colaterais no corpo masculino. A pele fica mais oleosa, o que aumenta o número de acnes. Os peitos crescem além do normal, como pequenos seios, o que é conhecido como ginecomastia.

Em alguns casos, a substância pode sobrecarregar o coração. Se o usuário já tiver algum problema anterior e não souber, pode até ter uma parada cardíaca e morrer.

Quando os esteroides são tomados pela via oral, outro órgão que fica comprometido é o fígado. O uso das substâncias pode levar à hepatite medicamentosa.

Se for injetada, a substância pode gerar infecções nos músculos. Isso pode dar origem a abcessos, com acúmulo de pus no local. Nos casos mais graves, a infecção pode cair na origem sanguínea e se generalizar, levando a um quadro de sepse, que pode levar à morte.

Fonte: G1