Egípcio oferece filha a repórter que atirou sapato em Bush

A filha, Amal Saad Gumaa, disse que concordava com a idéia.

Um homem egípcio disse na última quarta-feira que estava oferecendo sua filha, de 20 anos de idade, para casar com o jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi que atirou um sapato no presidente americano George W. Bush, durante uma visita surpresa em Bagdá no domingo, informou a Reuters.

A filha, Amal Saad Gumaa, disse que concordava com a idéia. "Seria uma honra. Eu gostaria de viver no Iraque, especialmente se eu tivesse ligada a este herói", disse a moça.

O pai de Amal, Saad Gumaa, disse que ligou para o irmão de Zaidi, para lhe informar da proposta. "Não tenho nada mais valioso do que minha filha para oferecer-lhe. Eu estou preparado para providenciar tudo que é necessário para o casamento", disse o pai.

O gesto de Zaidi fez barulho no mundo árabe, onde o presidente Bush é vastamente desprezado por ter invadido o Iraque em 2003 e por apoiar Israel.

Amal é uma estudante de mídia na faculdade de Minya no centro do Egito.

A resposta de Zaidi ao pedido não foi clara.

Fonte: Terra, www.terra.com.br