"Ele destruiu minha vida", diz Fran sobre vídeo íntimo que vazou

"Ele destruiu minha vida", diz Fran sobre vídeo íntimo que vazou

“Eu confiei. Não imaginaria de forma alguma que ele faria isso"", disse.

Um dos casos brasileiros mais conhecidos de vídeos íntimos que vazaram na internet, a goiana Fran concedeu entrevista ao Fantástico deste domingo, no qual comentou o caso. ?Eu confiei. Não imaginaria de forma alguma que ele faria isso. Meu celular não parava. O pessoal ligando, mandando mensagem. Eu fiz o boletim de ocorrência na sexta-feira. O pessoal não tinha dado muita importância. Quando foi na segunda-feira, eu vi a proporção que estava. Ele destruiu a minha vida, eu não tenho mais vida. Eu não consigo sair, não consigo estudar, trabalhar", disse. Mãe de uma menina de 2 anos, Fran teve de mudar a aparência e parar de trabalhar. ?Eu não sou a única, eu não sou a última, eu não fui a primeira?, lamentou.

O programa da TV Globo conversou, ainda, com a mãe da piauiense Júlia Rebeca, de 17 anos, que foi encontrada morta no quarto após ter um vídeo íntimo compartilhado na internet. ?Ela não demonstrou nada, nada. Todo adolescente tem o direito de ser adolescente. Eles são inconsequentes mesmo. Essa exposição toda, do vídeo, da imagem da minha filha, é uma violação", comentou Ivânia Salia. A garota, que morava em Parnaíba, no litoral do Piauí, gravou um vídeo de sexo com uma garota e um rapaz, ambos menores de idade. As imagens foram distribuídas por celulares na cidade. Envergonhada após o compartilhamento do vídeo, ela se despediu da mãe em uma rede social. ?Eu te amo, desculpa eu n ser a filha perfeita, mas eu tentei... desculpa desculpa eu te amo muito?, postou.

Fonte: Terra