Em Brasília, Wellington Dias diz que Piauí pode receber R$ 300 milhões do Pré-sal

A proposta anterior era que os benefícios para os estados não produtores só fossem alocados apenas em 2020

O governador Wellington Dias foi recebido nesta terça-feira, 8, em Brasília pelo ministro das Relações Institucionais da Presidência da República, Alexandre Padilha, no Anexo do Ministério das Relações Exteriores. A principal pauta do encontro foi a discussão em torno do pré-sal.

Um fato importante informado durante o encontro é que a proposta a ser encaminhada para o Senado será a ampliação dos royaltes para os estados, que subirão de 4,4% para 22%, o que para o Piauí significará a injeção de mais de 300 milhões de reais, a partir de 2011, a cada ano para o estado, e de 4,4% para 8,8% para os municípios.

A proposta anterior era que os benefícios para os estados não produtores só fossem alocados apenas em 2020. "Não é que desejamos, disse o governador, mas a antecipação para 2011 dos recursos do pré-sal já é uma vitória para os estados não produtores", concluiu.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br