Médico afirma que cantor Wando corre risco de morte

Médico afirma que cantor Wando corre risco de morte

Wando deu entrada no hospital com quadro de angina de peito, e foi submetido a um cateterismo cardíaco.

O médico Eduardo Szuster, do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Biocor, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, disse que o quadro de saúde do cantor Wando é "muito grave". "Ele corre um risco de morte importante", falou o médico em entrevista coletiva nesta segunda-feira (30). O músico foi internado na sexta-feira (27), está sedado e respira com ajuda de aparelhos. Segundo médico, não há previsão para retirada da sedação e da respiração artificial.

De acordo com um boletim médico divulgado na tarde desta segunda-feira (30), Wando deu entrada no hospital com quadro de angina de peito, e foi submetido a um cateterismo cardíaco na sexta. Na manhã de sábado, o cantor apresentou uma piora e foi submetido a uma angioplastia coronariana de múltiplas artérias, e internado no CTI na sequência.

"De sábado pra cá, ele teve melhoras pequenas. O estado dele é muito grave, mas estável. Estamos confiantes na plena recuperação dele?, comentou Szuster. O médico ainda contou que, há algumas semanas, o cantor reclamou de dor no peito para seu clínico particular, dr. João Carlos Dionísio. A rapidez nos exames e a agilidade no encaminhamento de Wando para o hospital permitiram que o problema cardíaco apresentado pelo cantor não evoluísse para um infarto, segundo o médico. Ainda de acordo com Szuster, esta agilidade pode ter salvo a vida do músico.

Szuster disse que o histórico familiar de Wando - o irmão e o pai morreram por problemas cardíacos - é um agravante para seu estado.

Fonte: G1