Emater incentiva produtores de uva em São João do Piauí

O órgão auxiliou o produtor a conseguir o financiamento via Banco


Image title

Em São João do Piauí, semiárido piauiense, além da produção de uva voltada para o assentamento Marrecas, existem iniciativas de fruticultura também por parte de produtores particulares. Um destes projetos está sendo instalado em uma área de aproximadamente três hectares, na propriedade do agricultor Marcos Coelho, que saiu de Petrolina (PE) e percorreu mais milhares de quilômetros em busca de uma área propicia para a plantação inicial de parreiras e, em seguida, frutas tropicais, onde ele pudesse encontrar apoio para o desenvolvimento.

O auxílio para a elaboração do projeto veio do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater) a partir do apoio do diretor geral Marcos Vinicius e do coordenador regional Genival Oliveira. O órgão auxiliou o produtor a conseguir o financiamento via Banco do Nordeste, onde estavam inclusos um plano de irrigação, outorga de água, eletrificação e a acompanhamento técnico.

Segundo Coelho, a região de São João do Piauí é muito boa para a produção de uvas, uma vez que os fatores climáticos contribuem para a produção devido ao sol e a altitude. “Temos a expectativa de bons resultados. Estamos no local há três anos e encontramos apoio do Emater para a elaboração do projeto para conseguirmos o financiamento, além de acompanhamento”, explicou.

Em sua propriedade, estão sendo plantadas mudas de uva do tipo “Isys”, em virtude da sua boa fertilidade e resistência a doenças, resultando na redução do uso de agrotóxicos. Também serão plantadas também mudas do tipo Núbia e Crimson. Ambas produzidas pela Embrapa do Sul do país. A proposta é que, com a ampliação da área, sejam produzidas também a manga, a goiaba e banana.

A orientação dos técnicos do Emater foi direcionada para a correção do solo, aplicação de calcário, irrigação, além do acompanhamento constante.

De acordo com o coordenador regional do Emater, Genival Oliveira, o órgão tem como missão dar apoio ao agricultor familiar, mas também apoia iniciativas que possam gerar renda e melhorar qualidade da vida das pessoas através de produtos saudáveis. “Ao conhecermos a proposta de produção do Marcos, percebemos a boa iniciativa na redução da utilização de agrotóxicos. E isto representa mais qualidade na casa de quem consome o que será produzido”, destacou Genival Oliveira.

Logo após sair da abertura oficial do 5º Festival da Uva de São João do Piauí, realizado no parreiral do Assentamento Marrecas, o governador Wellington Dias acompanhado de membros do Banco do Nordeste e comitiva visitaram as instalações da propriedade localizada a 11,5 quilômetros de São João do Piauí e ficou bastante impressionado.

Esta é a primeira inciativa particular de um agricultor no município de São João do Piauí. Vale ressaltar que o agricultor Marcos Coelho acompanhado de sua esposa venderam sua casa em Petrolina para apostar nas riquezas do Piauí.

Fonte: emater