Empresa pública deverá administrar o Hospital da UFPI

Empresa pública deverá administrar o Hospital da UFPI

A possibilidade foi apresentada pelo ministro Fernando Haddad, durante a audiência realizada ontem

A gestão do Hospital da Universidade Federal do Piauí (UFPI), que começa a funcionar no primeiro trimestre do próximo ano, deverá ser baseada nos moldes do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com a criação de uma empresa pública com o fim específico de gerir o HU.

A possibilidade foi apresentada pelo ministro Fernando Haddad, durante a audiência realizada na manhã de ontem com o governador Wilson Martins (PSB) e o reitor da UFPI, Luiz Júnior. O modelo do HC de Porto Alegre está sendo utilizado para novos hospitais públicos, não apenas os ligados às universidades e flexibiliza a gestão, enfatizando a definição de metas e a busca de resultados mais concretos. Além disso, facilita a própria contratação de pessoal, que passará por concurso, mas que estará sob o regime celetista.

O governador mostrou interesse em conhecer o programa de gestão, que poderá ser utilizado nos hospitais mantidos pelo Estado. ?A gestão é um dos gargalos da saúde no Brasil. Se temos esse recurso que pode oferecer maior controle dos processos e otimizar os recursos, certamente vamos utilizá-lo?, argumentou Martins.

Outra informação prestada pelo ministro Haddad ao governador e ao reitor da UFPI foi quanto ao programa de controle de gestão nos hospitais universitários. O software utilizado foi desenvolvido pelo próprio Ministério e está sendo disponibilizado para outras organizações públicas. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte