Veja como não ser enganado em sua festa de formatura

Veja como não ser enganado em sua festa de formatura

Leila Andrade contou algumas formas de evitar prejuízos

Empresária do ramo de formaturas, Leila Andrade diz que sentiu o ?baque? no mercado, após a repercussão do caso ?Styllos?. ?Antes, os estudantes entravam no curso e já começavam a pagar pela festa. Agora, estão mais temerosos com a escolha da empresa?. Em Teresina existem mais de 15 empresas que trabalham nesse seguimento.

O casal Keila Moreno e Fabiano Neves, proprietários da Styllos, uma empresa especializada em eventos de formatura, provocaram um prejuízo de R$ 2,4 milhões. O dinheiro vinha de estudantes que contrataram os serviços do casal. Sem ter como pagar dívidas da empresa, o casal fugiu do Piauí na noite de 16 de setembro de 2011. Keila e Fabiano foram presos pelo crime de estelionato.

A empresária, que esteve no programa Agora desta sexta-feira, na Rede Meio Norte, deu algumas dicas de para contratar a empresa certa e não cair numa dessas armadilhas:

Analise o tempo no mercado. Empresas que prestam o mesmo serviço a algum tempo tendem a ser mais confiáveis.

Procure saber se a empresa é devidamente regularizada, se não tem dívidas ou alguma queixa junto ao Procon.

Não deixe tudo nas mãos da comissão de formatura. É importante que todos os estudantes participem das discussões sobre a festa, para que não haja nenhuma divergência desagradável.

Fonte: Andrê Nascimento