Encerram hoje as inscrições para especializações da UESPI

Encerram hoje as inscrições para especializações da UESPI

As inscrições para o Programa de Pós-Graduação “Lato Sensu” da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) para o 2° semestre de 2014 encerram-se nesta sexta-feira (08). O Programa é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação- PROP-UESPI e visa especializar graduados em 17 especialidades.

Ao todo são 835 vagas, que serão ministradas em Teresina nos Campi Torquato Neto e Clóvis Moura e nas cidades de Picos, Oeiras, Barras e Floriano. De acordo com o chefe da divisão de pós-graduação, Henrique Barbosa Costa, as especializações oferecidas não são apenas para alunos graduados na UESPI, mas para qualquer pessoa da área graduada ou por alguma instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O chefe ressalta que o candidato leia o edital antes de realizar as inscrições para tomar conhecimento dos procedimentos. “Após o candidato realizar a inscrição na sua área de atuação, é necessário que ele compareça à Coordenação do Curso escolhido com toda a documentação exigida no edital, após isso, a seleção será feita por análise de currículo e o candidato será chamado dia 14 ainda deste mês”, explica Henrique Barbosa.

Os documentos que deverão ser entregues para efetivar a inscrição no programa de pós-graduação são: Curriculum Vitae comprovado, cópia autenticada do Diploma do Curso Superior de Instituições de Ensino Superior ou Certidão de Conclusão atualizada acompanhado do Histórico Escolar, fotocópia do RG e CPF, foto 3x4 recente, comprovante do pagamento da taxa de inscrição e Cópia da Ficha de Inscrição.

As inscrições vão até as 13 horas de sexta-feira. Após a divulgação da seleção no dia 14, o candidato classificado deverá fazer sua matrícula, a partir do dia 26 de agosto, e as aulas deverão começar ainda no segundo semestre.

Curso de Engenharia Elétrica é destaque

O curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Piauí (UFPI) é destaque no programa Ciências sem Fronteiras como o curso que mais envia estudantes para o exterior com um percentual de 13% em comparação com os outros cursos da UFPI participantes do programa.

O estudo realizado pelo Prof. Me. Marcos Lira e pela discente egressa do programa Leiviane Camarço, ambos do curso de Engenharia Elétrica, foi feito por meio de coleta de dados em que ao fazer a relação entre o número de alunos envolvidos no programa e o número de alunos regularmente matriculados no curso foi constatado esse percentual.

Esse estudo será apresentado no Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia que irá acontecer em Juiz de Fora (MG), no período de 16 a 19 de setembro deste ano.

O percentual de aproveitamento dos oito alunos que já retornaram do intercâmbio está na faixa de 90% a 100%. Esse elevado percentual é devido ao diálogo entre os alunos e a coordenação do curso na UFPI quando da oferta de disciplinas pela universidade de destino.

Ciência e Tecnologia

É um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento - CNPq e Capes -, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.


O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação.

Fonte: Rhauan Macedo