Encontro discute projetos de Saúde e Bem-Estar pela 1º vez no Piauí

O Encontro tem promovido debates sobre as estratégias de atuação a respeito da saúde e bem-estar, onde o Sebrae se faz presente no país

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA (20) DO JORNAL MEIO NORTE

Pela primeira vez, o Piauí sedia o Encontro Nacional de Gestores de Saúde e Bem- Estar. O evento que está em sua quarta edição, teve início nesta quinta-feira, 19 e vai até sexta-feira, 20, no Blue Tree Towers, situado na Avenida Marechal Castelo Branco, no Bairro Ilhotas, zona leste, com a participação de representantes de projetos do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), de vários estados do país.

O Encontro tem promovido debates sobre as estratégias de atuação a respeito da saúde e bem-estar, onde o Sebrae se faz presente no país. Com o intuito de gerar a troca de experiências entre os gestores dos projetos.

Segundo Alreni Lima, gestora do Projeto Polo Empresarial de Saúde do Sebrae no Piauí, como o Piauí é tido como referência na área da saúde para muitos estados, o evento é um meio de debater as duas ações desenvolvidas pela instituição, em parceria com empresas teresinenses.

“Nesse Encontro, estamos apresentando os projetos de saúde, que é o Programa de Qualidade e o Clube do RH são experiências desenvolvidas em Teresina. Como somos referências na área de saúde, tanto no setor público como no privado, é gratificante estarmos compartilhando nossas vivências durante o evento para que os gestores de outros Estados também possam trabalhá-las ou adequá-las aos seus projetos. Assim como já ocorreu em Mato Grosso e em Pernambuco”, destaca.

A gestora do Projeto de Saúde do Sebrae no Piauí explica a importância de ambos os projetos desenvolvidos no estado, que é o Programa de Qualidade e o Clube do RH.

“O Programa Qualidade, desde agosto do ano passado, prepara as empresas para receber certificações, seja ISO ou ONA, que são específicas da área de saúde. Essas certificações garantem a qualidade dos serviços e melhoria do atendimento, já o Clube do RH surgiu como uma experiência piloto em 2013, com objetivo de promover nas empresas à relação às políticas de Recursos Humanos, melhorando o desenvolvimento das equipes e o desempenho do perfil da empresa com relação aos seus colaboradores.”, esclarece Alreni Lima.

Repórter: Márcia Gabriele

Fonte: Márcia Gabriele