Encontro Nacional de Folguedos realiza 1° Concurso de Grafite

Encontro de Folguedos já está consolidado na história do Piauí

A segunda noite do 39° Encontro Nacional de Folguedos, realizada na quinta-feira (20), reuniu uma multidão que pode desfrutar da diversidade de atrativos oferecidos pelo evento, mas a grande novidade e atrativo da noite foi o 1° Concurso de Grafite, em que 10 grafiteiros puderam mostrar sua arte em telas dispostas pelo evento. O tema segue no mesmo proposto do Encontro deste ano, que são as lendas piauienses, em alusão ao Dia do Folclore.

Image title

Image title

O secretário de Cultura do Piauí, Fábio Novo, afirmou que a proposta é difundir a arte que começou na periferia e atualmente se popularizou e tomou o gosto popular. “A cultura deve está antenada a todas as artes e todos os fazeres culturais, então quando discutimos na Secretaria essa ideia, foi como um incentivo ao grafite de Teresina”, disse.

Image title

Segundo ele, a ideia é divulgar a arte, uma vez que, as pessoas que passarem pelo evento possa conhecer o grafite local e despertar um interesse maior pela arte. A diretora de Unidade de Articulação da Cultural da Secretaria Estadual de Cultura, Bid Lima, reiterou que a ação uniu a educação e a arte, já que a variedade de manifestações artísticas no local revelam as tradições culturais e de raiz do Piauí. Ela falou que no sábado serão revelados os três ganhadores que vão levar os prêmios de R$ 3 mil para o primeiro colocado; R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil ao terceiro.

Image title

Wellington Almeida, um dos grafiteiros participantes do concurso, que já atua no cenário local há mais de 10 anos destacou que o evento valoriza a arte popular e oportuniza a divulgação do grafite teresinense. “Para nós é muito gratificante por que o movimento cresce em Teresina e estamos aqui fazendo trabalhos com lendas que se une a própria história do grafite”, ponderou. Em seu trabalho o artista buscou mesclar as lendas do Cabeça de Cuia e Bumba Meu Boi voltados para contemporaneidade com características atuais como a internet.

O secretário de Governo, Merlong Solano, afirmou que o Encontro de Folguedos já está consolidado na história do Piauí e que chega a sua 39° edição ainda mais forte e nem a alteração da data fez com que a população não comparecesse a festa. “O secretário Fábio Novo e sua equipe teve a brilhante ideia de juntar a festa junina com folclore e percebemos que as pessoas estão abertas a essas mudanças de modo que não importe o mês em que a festa aconteça, a comunidade se faz presente para enaltecer a cultura do Piauí e manter a tradição dessa festa”, completou.

Image title

O tenente coronel Sá Júnior ressaltou que o primeiro dia serviu para fazer todos os ajustes necessários em que reuniu um público estimado em mais de 40 mil pessoas sem nenhuma ocorrência relevante. “O nosso efetivo será intensificado e teremos mais de 100 homens garantindo a segurança para a sociedade que comparecer aos Folguedos”, destacou.

Image title

Shows musicais lotam arena do Encontro de Folguedos

Grandes atrações se apresentaram no palco Cabeça de Cuia dentre elas o humorista piauiense João Cláudio Moreno que já participou de 20 edições do evento e destacou a resposta do público para eventos que promovem a cultura popular do Estado. “Nós precisamos de eventos que exaltam as nossas tradições. O Piauí é específico em tudo, as festas juninas são em junho, em Parnaíba, são julinas e aqui são agostinas”, brincou o comediante.

Image title

Outra atração super esperada na noite foi a cantora Samyra Show que segue carreira solo há pouco mais de 2 anos e avaliou como importante poder participar de um evento que mistura tantas artes e culturas. Ela adiantou que pretende gravar um novo DVD em janeiro e Teresina tem grandes chances de sediar esse novo trabalho. “Eu estou muito feliz de fazer parte desse evento tão maravilhoso e nós estamos planejando gravar nosso terceiro DVD e estamos escolhendo a cidade, quem sabe pode ser Teresina que tem um carinho tão grande pelo meu trabalho desde o inicio da minha carreira”, afirmou.

O Forró dos Plays também esteve presente na segunda noite do Encontro de Folguedos e para a vocalista Gil Mendes, o evento é um divulgador do trabalho dos artistas que leva a música a pessoas que não podem está sempre nos shows da banda. “Além de tudo esse é um evento cultura e o forró faz parte dessa história e poder participar dessa manifestação cultural é sempre muito bom”, pontuou.

A noite ainda teve os shows de Mano Walter e Iohannes que agitaram o público até a madrugada. No palco Bumba-meu-boi ,ainda foi possível assistir apresentações artísticas e culturais em verdadeiros espetáculos com danças, coreografias, cores e sons. O diretor do Boi Imperador da Ilha, de Teresina, Raimundo Sousa, declarou que o grupo possui 72 componentes e avaliou que o evento incentiva a cultura local principalmente para crianças e jovens que ainda não conhecem as tradições nordestinas. “Eles passam a conhecer mais sobre a nossa história e isso é o nosso grande prazer, nós começamos a nos preparar desde o início do ano para poder fazer nossas apresentações”, citou.

A realização do evento é assinada pela Kalor Produções que preparou toda logística das apresentações musicais e culturais de forma que atenda o publico presente da melhor maneira possível promovendo qualidade na estrutura, som e iluminação do evento. A 39° edição do Encontro Nacional de Folguedos acontece na Vila Olímpica do Estádio Albertão, com programação para toda a família iniciando sempre às 19h.

Evento reúne público diversificado

A estudante de curso técnico de saneamento ambiental Naira Beatriz, de 17 anos, contou que poder a edição 2015 do Encontro de Folguedos atraiu mais sua atenção e a motivou para visitar o evento. Ela diz que o concurso de grafite foi o que mais lhe chamou atenção. “As opções de atrações estão ótimas, o local é muito seguro e amplo, não tenho nada do que reclamar”, afirmou.

O evento é aberto para todos os públicos e concentra crianças, jovens, adultos e idosos que circulam por todos os espaços e conhecem um pouco mais sobre a cultura piauiense. A aposentada Solange Lustosa, de 50 anos, chamou atenção para a segurança do evento. “Essa é a segunda vez que eu participo do Folguedos, mas esse ano o evento está mais interessante, muito bem organizado e as pessoas que aqui visitam passam a ter conhecimento da nossa história”, relatou.

VEJA MAIS FOTOS:

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Waldelúcio Barbosa