Engenheiro produz terço com pedras que tirou da vesícula

As pedras têm cerca de cinco milímetros de diâmetro.

O engenheiro João Bosco de Angeli, de 69 anos, morador do Espírito Santo, chamou atenção ao confeccionar um terço religioso com 53 pedras que retirou de sua vesícula biliar. Após a operação, que ocorreu há 15 anos, ele guardou as pedras e cerca de cinco anos depois resolveu lapidá-las para produzir o artigo religioso.

Em entrevista, o engenheiro contou mais sobre o objetivo de sua ideia. "A gente tem que aproveitar as coisas ruins para fazer coisas boas", declarou Angeli. De acordo com ele, as pedras têm cerca de cinco milímetros de diâmetro e o terço 40 centímetros de comprimento.

As pedras da vesícula foram tratadas com verniz e miçangas amarelas foram usadas para completar o objeto. A cruz é feita de madeira e o entremeio é de outro terço. Além disso, seis pedras falsas tiveram que ser colocadas para chegar até 59, o número de contas do terço religioso.

"Acredito que seja o único terço do mundo feito com pedras de vesícula. Foram retiradas 53 pedras iguais na cirurgia. O médico que fez a operação disse que nunca tinha visto algo parecido, por elas serem do mesmo tamanho", afirmou o engenheiro.

Segundo Angeli, que é católico, o terço é fruto de uma experiência dolorosa. Para ele, o artigo deve servir para que as pessoas valorizem a vida e ajam com prudência.


Fonte: Com informações do Catraca Livre