Equipes continuam resgates na região da Barragem Algodões I

Também foram enviadas equipes para a localidade Franco

Na operação do último sábado (30), 40 homens, entre bombeiros, policiais militares e da equipe do Exército que se encontram na cidade de Cocal da Estação, foram enviados à localidade Angico Branco, para prosseguimento aos trabalhos de busca.

Também foram enviadas equipes para a localidade Franco. Segundo o major João Costa, coordenador das ações pelo Corpo de Bombeiros, a missão continua sendo localizar os desaparecidos. O efetivo geral da equipe de militares envolvendo os três comandos, Polícia Militar, Bombeiros e Exército, que se encontra em Cocal é de 150 homens.

Desde as primeiras horas do rompimento da Barragem Algodões I foi dado início aos trabalhos de busca dos desaparecidos. Segundo o major João Costa, os trabalhos iniciais foram feitos com lancha, por conta do volume de água.

Com a redução do volume de água ao longo do Rio Pirangi, as buscas estão sendo feitas com a utilização de motocicletas, animais e a pé. ?Com estes transportes só podemos percorrer até certo ponto?, disse o major, ressaltando que dividiram as áreas das 14 comunidades interligadas que ficam ao longo do rio e numa operação ?pente fino? procuram os desaparecidos.

Baseados em estudos de localização, os Bombeiros decidiram que o caminho a seguir é o leito do rio. Os corpos localizados até agora estavam de 4 a 10 quilômetros dos locais em que residiam. As ações estão sendo iniciadas às 4h da manhã e encerradas por volta das 22h.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br