Equipes da FMS utilizam drone para mapear focos de Aedes aegypti

O equipamento foi utilizado no Verde Lar (Santa Bárbara)

Em tempos de guerra contra o mosquito Aedes aegyrpti, todo e qualquer instrumento tecnológico que possa auxiliar as equipes de saúde nas rotinas de trabalho pode e deve ser utilizado. Assim, neste sábado (16), foi utilizado, de forma experimental, na Faxina dos Bairros um drone como aliado no combate ao mosquito. O equipamento foi utilizado no Verde Lar (Santa Bárbara), zona Leste da cidade.

Image title

Monitorado pelo piloto Tibúrcio Frota, o drone sobrevoou áreas de difícil acesso e mapeou residências com uma grande quantidade de material inservível que poderia se constituir em criadouro do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Após feita a imagem, imediatamente o agente de endemia foi vistoriar a residência e orientar o morador a colocar o material para ser recolhido pelas equipes de limpeza da Faxina.

Foram vistoriados com o drone também os imóveis desabitados em que os agentes tiveram dificuldade de contato visual para saber se no local havia criadouros do mosquito transmissor da doença. “O drone sobrevoou  a região e fotografou onde foi encontrado um potencial criadouro do mosquito da dengue. As imagens serão encaminhadas para a Gerência de Zoonoses para que assim sejam tomadas as medidas necessárias para eliminar os focos de doença”, disse Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde.

Ainda durante a ação no Verde Lar foi identificado uma sucata com várias irregularidades e lixo acumulado. O proprietário do terreno foi identificado e será notificado pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste na segunda-feira (18). “Nossos agentes fizeram a vistoria no local e identificaram acúmulo de lixo, material reciclado e várias outras situações que representam risco para a população. Hoje vamos recolher o que for possível recolher e a SDU irá notificar o proprietário para que sejam tomas as medidas necessárias para que esse local não represente perigo para a saúde dos moradores da região”, informou Oriana Bezerra.

A ação “Faxina nos Bairros” é uma parceria entre Fundação Municipal de Saúde (FMS), Superintendências de Desenvolvimento Urbano e com apoio das associações de moradores dos bairros. Durante a semana, a população recebe orientações para que recolham todo tipo de lixo inservível da sua casa, inclusive aqueles utensílios de grande porte que estejam jogados no quintal e que possam se transformar em criadouro de mosquito. No sábado, as equipes de limpeza se encarregam de recolher todo este material e dar o destino adequado, além de fornecer informações e orientações sobre o combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina