Equipes da Prefeitura avaliam estado nutricional de crianças de Teresina

De hoje (22) até o dia 09 de abril devem ser pesadas e medidas cerca de 30 mil crianças de zero a seis anos beneficiárias do Programa Bolsa Família

De hoje (22) até o dia 09 de abril devem ser pesadas e medidas cerca de 30 mil crianças de zero a seis anos beneficiárias do Programa Bolsa Família em Teresina. A ação é uma exigência do programa e está sendo desenvolvida pela Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e Assistência Social (SEMTCAS), que coordena o Bolsa Família na capital, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) e Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Inicialmente é feita a pesagem e a medida das crianças matriculadas em uma das 149 creches e Centro Municipais de Educação Infantil (CEMEIs). Segundo a nutricionista Luciana Maranhão, os dados são comparados com a tabela do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), que é um instrumento para obtenção de dados e de monitoramento do Estado Nutricional e do Consumo Alimentar das pessoas. ?A partir daí, de acordo com a idade e sexo, veremos se a criança está normal, abaixo do peso ou com obesidade?, afirma a nutricionista.

O gerente de Benefícios e Renda Mínima da SEMTCAS, Getúlio Maciel, acrescenta que caso o resultado da avaliação da condição nutricional da criança não seja satisfatório, uma equipe vai interferir junto à família no sentido de implementar ações com o objetivo de melhorar as condições alimentares dos beneficiários nesta faixa etária. ?No ano passado foram pesadas e medidas oito mil crianças, aqui em Teresina e tivemos um resultado positivo. Mais de 70% estavam dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS)?, completa o gerente.

A secretária da SEMTCAS, Graça Amorim, conta que essa ação segue um cronograma em que diversas equipes percorrerão as creches e centros de educação municipal tanto da zona urbana quanto rural. Segundo ela, neste primeiro dia foram pesadas e medidas cerca de 1.200 crianças. ?Aquelas com idade entre zero e seis anos e que não estão matriculadas serão pesadas e medidas pelos agentes de saúde da Fundação Municipal de Saúde?, diz a secretária.

Fonte: PMT