Equipes já resgataram 121 pessoas vivas depois do tremor que devastou o país

Dados da ONU também confirmam que 8 dos 11 hospitais de Porto Príncipe desmoronaram ou foram seriamente danificados

Até a noite de terça-feira (19), 121 vítimas do terremoto da semana passada foram resgatadas dos escombros no Haiti.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo Escritório para a Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (Ocha, na sigla em inglês).

A entidade informa também que as operações de resgate chegaram a contar com 52 equipes, somando 1820 profissionais de vários países e 175 cachorros treinados.

Porém, na terça-feira esse número havia sido reduzido para 36 grupos de busca.

HOSPITAIS:

Em seu mais recente comunicado, a ONU disse também que, antes do terremoto, o país contava com 371 postos de saúde, 217 centros médicos e 49 hospitais. Dos 11 hospitais e centros médicos da capital haitiana, Porto Príncipe, oito desmoronaram ou foram seriamente danificados.

Segundo a entidade, as principais preocupações das equipes médicas são os traumas causados pelo terremoto, mulheres grávidas e a propagação de doenças como o tétano, "que tem uma taxa de mortalidade de 70%".

O Ministério do Interior haitiano começou a espalhar soda cáustica sobre corpos e prédios em que os mortos ainda não foram resgatados para evitar a disseminação de doenças.

Fonte: g1, www.g1.com.br