Escada rolante de shopping passa por perícia após morte de menina no RS

Menina de 3 anos ficou presa e caiu do 2º para o 1º piso em Canoas.

Uma perícia na escada rolante de um shopping de Canoas, Região Metropolitana de Porto Alegre, é realizada neste sábado (8) para tentar ajudar a esclarecer o acidente que vitimou uma criança de três anos que acessou o equipamento na noite de sexta-feira (7). Segundo o delegado Pablo Rocha, a área foi interditada, mas o estabelecimento funciona normalmente desde as 10h.


Escada rolante de shopping passa por perícia após morte de menina de 3 anos

A menina foi internada ainda na noite de sexta no Hospital de Pronto Socorro de Canoas, onde passou por cirurgia. Na madrugada de sábado, foi transferida para Porto Alegre para dar sequência ao atendimento, mas não resistiu e morreu no início da manhã, conforme informou o HPS da capital. O delegado teve acesso a imagens de câmeras de segurança e constatou que o socorro foi rápido.

"As imagens mostram um segurança do shopping que vai ao local. Não dá um minuto e já tem um bombeiro que trabalha no local, e em três minutos já são três bombeiros. Em pouco menos de sete minutos chega o Samu", disse Pablo Rocha.

A assessoria de imprensa do estabelecimento informou que a criança foi até o equipamento, e quando se encostou ao corrimão de borracha acabou sendo puxada, pelo lado de fora, caindo do segundo para o primeiro piso. O delegado disse que conversou com a mãe da menina, que relatou que a filha estava um pouco adiantada do casal. "No acesso às imagens, se verifica que a criança sofreu queda de uma altura de cinco metros. Ela trancou a mão e a roupa na parte externa, e foi puxada. Poderia ter caído para dentro ou para fora da escada. Acabou caindo para fora", explicou.

Agora, o delegado aguarda as imagens das câmeras que mostram o local a partir do pavimento superior para ter mais detalhes de como ocorreu o acidente. Ele já conferiu a gravação feita do piso inferior. Segundo ele, um inquérito de homicídio culposo será aberto pela Delegacia da Criança e do Adolescente em Canoas para que as responsabilidades sejam apuradas.

Em nota, o Canoas Shopping afirma que se utiliza de regras de segurança que são padrões de empreendimentos de uso público para garantir a integridade dos frequentadores. A assessoria de imprensa informou que o estabelecimento passou por inspeção recentemente.

Fonte: G1