Bandidos tomam conta de obra de escola em Teresina

Bandidos tomam conta de obra de escola em Teresina

A escola que iria atender às necessidades de jovens, adultos e idosos aos poucos vem sendo depredada.

A obra da unidade escolar que deveria se chamar Vila Paraíso está parada há pelo menos três anos. A escola que iria atender às necessidades de jovens, adultos e idosos aos poucos vem sendo depredada. Portas e janelas já foram arrancadas e o local hoje vem servindo para a acomodação de bandidos e consumo de drogas.


Escola abandonada vira lugar para esconder bandidos

?Eu tenho três filhos que fazem a 6ª, a 7ª e a 8ª e eles tem que pegar o ônibus e ir para o bairro Pedra Mole se deslocar porque o colégio mais próximo que é este aqui está acabado. E o pessoal que estuda a noite não que mais aceitar os alunos daqui nas outras escolas. Dizem que tem que vir pra cá, mas o colégio está cheio de mato, abandonado. Já foram arrancados gradeados, já arrancaram já as portas que tinham, já arrancaram tudo. Faz muita falta pros meus filhos e pra outras pessoas. Tem muitas localidades aqui próximo, pessoas que estudam. Diziam que aqui era obra do CEFET que era pra ser terminada, mas agora nunca foi entregue?, declara indignada uma moradora da localidade que concedeu entrevista à TV Meio Norte.


Escola abandonada vira lugar para esconder bandidos

Na comunidade do Portal da Esperança a única escola fica no prédio cedido pela Prefeitura de Teresina. São quase mil famílias que estão sendo obrigadas a se deslocarem aos bairros vizinhos ? como Pedra Mole e Cidade Jardim ? para ter acesso à educação para crianças e jovens que vão em busca de estudos.

?Tá com três anos e nunca começaram nada aqui. Aqui está cheio de mato, o colégio jogado às cobras. Já fui na Secretaria Estadual de Educação, já falei com o secretário. Ele me atendeu muito bem , falou que ia retomar a obra, mas nunca começou e está aí, as pessoas estão precisando estudar , o governo do Estado ainda não fez nada e estamos tendo aulas em um prédio empresado da Prefeitura enquanto a estrutura que tem aqui está sendo assaltada pelos marginais?, finaliza um morador.

Fonte: Agora