Escola de natação usa foto de menino sírio afogado em propaganda

A propaganda era sobre aulas de natação para bebês

Um anúncio de uma escola de natação no Rio Grande do Sul está causando polêmica nas redes sociais. A Academia FitFlex, da cidade de Esteio, divulgou a peça, em um jornal local. A propaganda era sobre aulas de natação para bebês.

Há a foto de um bebê nadando. Ao lado, a frase: "9 meses para nascer, 3 anos para crescer, e 2 minutos pra ficar sozinha em 1 minuto pode morrer afogada". Abaixo, outra foto. A de uma criança morta por afogamento, caída na areia de uma praia.

A imagem em questão é real: um menino sírio, morto na Turquia, em 2015, após o barco em que estava com a sua família naufragar.

A fotografia rodou o mundo, causando choque e comoção, alertando para o problema dos refugiados na Europa e no Oriente Médio.

O uso da imagem do menino foi totalmente deasprovada por quem viu a propaganda. Depois que a polêmica começou a acrescer, a escola tirou a sua página do Facebook do ar.

O diretor da escola confirmou que a própria FitFlex criou o anúncio. Ele se disse surpreso com a repercussão negativa e que a intenção era chamar a atenção para o perigo dos afogamentos.

Image title

Fonte: Com informações do Brasil Post