Escola pública 100% sustentável é inaugurada no Uruguai

A escola sustentável atenderá cerca de cem alunos por ano.

Dois mil pneus, cinco mil garrafas de vidro, dois mil metros quadrados de papelão e oito mil latas de alumínio. O que dá para fazer com isso? Acredite: uma das respostas é “uma escola”, e ela já está de pé, lá no Uruguai.

Quem projetou a construção de 270 m² foi Michael Reynolds, um norte-americano que nos anos 60 percebeu que a arquitetura havia abandonado o ser humano e fundou uma comunidade para viver de forma mais inteligente e harmônica com a natureza.

Há 45 anos ele criou a Earthship, especializada em edifícios sustentáveis e de baixo custo. A escola de Jaureguiberry, no Uruguai, tem placas de energia solar e moinhos de vento para gerar energia, além de hortas para a produção de alimentos orgânicos.

60% do material utilizado na escola é reciclado. Desde 2014, os moradores da região foram apresentados ao projeto e fizeram o possível para torná-lo real. Assim como 200 voluntários do Uruguai e de outros países que colocaram a mão na massa durante as sete semanas de construção, aprenderam o método de Reynolds e poderão replicá-lo pelo mundo.

A escola sustentável atenderá cerca de cem alunos por ano, com um modelo de ensino que os coloca em contato direto com a natureza e o meio ambiente. O objetivo é ressignificar a escola, fazendo dela um espaço de encontro para comunidade, setor público e privado, com aprendizados sobre inovação e sustentabilidade desde a construção até as aulas.

Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Escola pública 100% sustentável (Crédito: Reprodução)
Fonte: Hypeness