Estradas danificadas contribuem para aumento de acidentes no interior do Piauí

Estradas danificadas contribuem para aumento de acidentes no interior do Piauí

Moradores do município de Betânia do Piauí reclamam da situação em que se encontram alguns trechos da rodovia PI/459 que, há cerca de quatro meses, ficou muito danificada e até se rompeu num trecho da localidade Laranjo a 5km da cidade. O rompimento se deu devido a força das águas oriundas de Barragens e Riachos quebrados depois das cheias nos meses de Fevereiro e Março deste ano, na ocasião deixando isolado a cidade de Betânia, fato que virou noticia em rede nacional de TV.


A prefeitura de Betânia do PI alega que tem procurado o IDEP-PI (Instituto de Desenvolvimento do Piauí) e cobrado do órgão governamental a recuperação da estrada, bem como a empresa CM, construtora que executou a obra, mas, não obteve resultado positivo dos responsáveis.

Ainda, sobre a Construtora CM, na época do rompimento, revelou que faria a recuperação após o período chuvoso, fato que não ocorreu após quatro meses do episódio.


Mesmo sem a recuperação total da estrada, o trafego está normalizado, embora de forma precária já que no local do rompimento foram colocados pedras e aterro que efetivou a passagem dos veículos que passam diariamente no local, porem, os veículos trafegam com velocidade reduzida ao mínimo, devido ao risco de acidente dado a ondulação do local e ainda permite a passagem de apenas um veiculo por vez.

Durante a passagem da nossa reportagem no local fomos procurados por moradores das imediações indignados com a situação da estrada e falaram do temor de ficar novamente isolados, uma vez que se aproxima o período chuvoso e é quase impossível evitar o rompimento do local e de outros que por pouco não se rompeu. Disseram ainda que não é somente o conserto da estrada, mais também fazê-la de forma segura, que dê suporte a passagem da água e evite outros rompimentos.

Fonte: FN notícias