Estudo mostra que uso diário e excessivo de smartphone pode trazer sérios problemas para coluna

Estudo mostra que uso diário e excessivo de smartphone pode trazer sérios problemas para coluna

O resultado é o desenvolvimento de dores nas costas, agravadas se você já não for dono de uma postura exatamente correta antes mesmo de ligar o seu smartphone todos os dias

Que atire a primeira pedra quem não passa alguns minutos do seu dia entretido em seu aparelho celular, checando as últimas postagens no Facebook, Twitter, Instagram e outras redes sociais. O ato de permanecer com uma postura curvada, de olho na tela do smartphone, porém, pode ter um sério problema a médio e longo prazo para sua saúde.

É o que aponta um estudo divulgado pelo jornal científico Surgical Technology International. De autoria do médico Kenneth Hansraj, cirurgião e especialista em coluna cervical, o documento aponta que o uso constante e excessivo do celular leva a uma constante má postura, a qual pode contribuir para um peso extra de 27 kg sobre o seu pescoço.

Tal peso corresponde, segundo Revista Health, ao peso médio de uma criança de oito anos sobre a sua coluna cervical – um valor bastante considerável. O resultado é o desenvolvimento de dores nas costas, agravadas se você já não for dono de uma postura exatamente correta antes mesmo de ligar o seu smartphone todos os dias.

Para chegar a tal resultado, Hansraj criou um modelo em computador da coluna espinhal – da qual a cervical faz parte –, para testar os efeitos dos movimentos da cabeça – que pesa de 4 kg a 5 kg – sobre a coluna. O simples ato de abaixá-la para responder mensagens ou conferir atualizações pode ter um efeito bastante nocivo, segundo a análise do médico.

“À medida que a cabeça se inclina para a frente as forças visto pelo pescoço sobe para 12kg a 15 graus, 18 kg a 30 graus, 22 kg a 45 graus, e 27 kg a 60 graus”, escreveu Hansraj. Segundo a Health, além do uso das redes sociais, as pessoas passam de duas a quatro horas por dia com a cabeça apontada para baixo, geralmente lendo textos ou usando aplicativos. Em um ano, estamos falando de 700 a 1.400 horas de peso em excesso sobre o pescoço.

Você deve estar se perguntando o que fazer se é um adepto dessa rotina também. De acordo com os médicos, há apenas dois caminhos: usar menos e com moderação o seu celular, evitando ficar curvado demais todos os dias. Outra opção é aprender a usar o smartphone de maneira vertical, sem curvar a coluna. É o que vai te impedir de um futuro de dores e sérios problemas no pescoço e nas costas.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Brasil Post