Falso profeta do Piauí criou seita "para o fim do mundo" e virou destaque internacional

Falso profeta do Piauí criou seita "para o fim do mundo" e virou destaque internacional

O mundo não acabou em outubro e o falso profeta disse que Deus se equivocou

Muito antes desta sexta-feira (21) o mundo já havia tido uma profecia para o seu fim e ela veio do Piauí, mas que logo ganhou o noticiário nacional e até mundial, ganhando destaque nos tabloides sensacionalistas ingleses, como o Daily Mail e o The Sun. Trata-se do falso profeta Luiz Pereira dos Santos, de 43 anos.

Para ele, o mundo acabaria no dia 12 de outubro. No entanto, ?a casa caiu? apenas para ele, que chegou a ser preso para que não fosse linchado pela população revoltada com o não apocalipse.

Na ocasião, os policiais fizeram um cerco às casas onde moravam 131 seguidores da seita de Luis. Jogaram gás lacrimogênio, gás de pimenta e prenderam dez pessoas que jogaram pedras e rojões contra a tropa de choque.





O local virou uma praça de guerra. O tenente Tanaka Hitler, da Rone, disse que as pessoas queriam depredar a casa e linchar Luís Pereira dos Santos por ter retirado membros de suas famílias de casa, dos empregos e deixaram de garantir o sustento de suas famílias porque esperavam o fim do mundo.

O falso profeta não ficou por muito tempo preso e alegou que Deus se equivocou.





A manchete do The Sun falava que as autoridades policiais do Piauí temiam um suicídio em massa no culto apocalíptico. Já o Daily Mail destacou que os seguidores do falso profeta estavam preparados para tomarem um sopa contendo veneno.

Segundo o Daily Mail, a polícia invadiu a casa em que as pessoas estavam confinadas esperando o ?juízo final? apenas 10 minutos antes delas tomarem a sopa supostamente envenenada.

O The Sun garantiu que a polícia piauiense recebeu a informação no dia anterior que todas os seguidores iriam tomar a sopa com veneno de rato. Enquanto o Daily Mail falou em um veneno obtido do caju.

O ex-católico disse na época que a maioria de seus seguidores eram mendigos de rua, ex-prostitutas, traficantes de drogas e criminosos que Deus lhe tinha dito para "salvar".





"Aqueles que não aceitaram a palavra de Deus ainda tem uma chance de ser salvo, mas aqueles que usam drogas, álcool ou são efeminados não serão perdoados", acrescentou Luis ao The Sun.

Fonte: Kaio Eduardo