Famílias atingidas pelas chuvas, em Teresina, podem sacar FGTS

A liberação do benefício pode chegar ao valor máximo de R$ 4.650

As famílias cujas casas foram atingidas pelas cheias do rio Poti em maio deste ano poderão sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) nos dias 7 e 14 de novembro, na Caixa Econômica Federal.

A liberação do benefício, que pode chegar ao valor máximo de R$ 4.650, tem o objetivo de ajudar os trabalhadores a reconstruir ou reformar as casas atingidas pelas chuvas. Para melhor atender os trabalhadores, o dia 7 de novembro, das 8h às 14h, será destinado, exclusivamente, à entrega da documentação necessária para sacar o benefício.

Os documentos são: carteira de identificação (RG), carteira de trabalho (CTPS) ou outro documento que possua o número do PIS/PASEP e comprove o vinculo empregatício e comprovante de endereço original em nome do trabalhador referente aos meses de fevereiro, março, abril ou maio de 2009 que deve constar na relação emitida pela Prefeitura.

Já o dia 14 será reservado apenas para o saque do benefício. “Somente os trabalhadores com conta vinculada ao FGTS e que constem na relação de áreas atingidas pelas chuvas poderão ter acesso ao benefício”, explica Major John Feitosa, chefe da Assistência Militar municipal.

As listas foram feitas com base em levantamentos dos atendimentos feitos pelas Superintendências de Desenvolvimento Urbano de cada região da capital. Os beneficiados poderão optar por receber o dinheiro em crédito direto na conta, caso possuam conta corrente na Caixa; sacar o benefício com o Cartão Cidadão em loterias, correspondentes do Caixa Aqui ou terminais de auto-atendimento ou sacar direto nos guichês das agências da Caixa, exclusivamente no dia 14 de novembro.

Os trabalhadores serão atendidos nas agências da Caixa Econômica Federal das avenidas Areolino de Abreu, Praça Rio Branco, José dos Santos e Silva, no Centro; ou Avenida Joaquim Nelson, no Dirceu I.

Fonte: Seccom