Famílias de vítimas da boate Kiss vão pagar pela limpeza de objetos achados na casa noturna

Até o momento, foram encontrados 366 sapatos, 38 peças de roupa, duas carteiras, dois relógios, pulseiras e brincos.

A Justiça determinou que os familiares das vítimas da boate Kiss devem pagar pela descontaminação dos objetos encontrados na casa noturna. Nesta semana, funcionários da empresa Geo Emergência Ambiental iniciaram os trabalhos de limpeza no local. Um incêndio na casa noturna ocorrido na madrugada de 27 de janeiro de 2013 deixou 242 mortos.

Até o momento, foram encontrados 366 sapatos, 38 peças de roupa, duas carteiras, dois relógios, pulseiras e brincos. Para a Justiça, os parentes das vítimas devem apresentar à fundação estadual de proteção ambiental um plano para a descontaminação dos objetos, já que mais de 200 substâncias tóxicas foram encontradas dentro da casa noturna. Além disso, eles devem arcar, também, com a descontaminação das peças.

Segundo Aderbal Ferreira, da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria, apenas os parentes que quiserem irão receber os objetos encontrados na boate. A princípio, a empresa jogaria os objetos no lixo, mas a associação pediu que os pertences fossem repassados.

— Para algumas famílias, os objetos são parte da lembrança. Já para outros, só aumentam a dor da perda.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: R7