Educação: Fazenda da Paz inclui  escola e cursos técnicos na comunidade terapêutica

Educação: Fazenda da Paz inclui escola e cursos técnicos na comunidade terapêutica

A Fazenda da Paz vai inserir escola e cursos profissionalizantes no tratamento de dependentes químico.

A educação é uma das ferramentas mais fortes na construção do indivíduo. É por acreditar nisso que a Fazenda da Paz está com novos desafios este ano, voltados para a inclusão da escola e de cursos técnicos para os dependentes químicos em tratamento.

De acordo com a metodologia das comunidades terapêuticas, o dependente se reeduca em muitos valores, sejam eles espirituais, de trabalho e disciplina. Mas a educação formal não fazia parte do tratamento.

Isso significa que o interno só retomava os estudos após concluído o período de recuperação, que dura no mínimo um ano. De acordo com Célio Luiz Barbosa, coordenador geral e fundador da Fazenda da Paz, essa é uma iniciativa pioneira nas comunidades terapêuticas do Brasil.

“Com muita luta e a ajuda dos parceiros vamos propiciar aos internos estudar no processo de tratamento”, afirma Célio. Segundo a assistente social da Fazenda da Paz, Diana Pacífico, será utilizado o sistema de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Os internos vão retomar os estudos a partir da série onde pararam, seja no Ensino Fundamental ou Médio”, explica Diana. As aulas estão previstas para começar no segundo trimestre de 2012. A conquista só foi possível através de uma parceria entre a Fazenda da Paz, o Sindicato das Escolas Particulares e a Secretaria de Educação do Estado.

“Agradecemos a todos que, assim como nós, acreditam no processo de recuperação do ser humano”, afirma Célio.

50 dependentes fazem curso técnico

Para beneficiar quem está concluindo ou já concluiu o Ensino Médio, foi instalado na Fazenda da Paz um polo de ensino à distância para o curso de Técnico em Administração, em parceria com o Instituto Federal do Paraná e a Secretaria Estadual de Educação do Piauí. O lançamento será no dia 12 de março.

O curso tem duração de dois anos e acontece na comunidade terapêutica Luz e Vida, que será a primeira unidade de tratamento de dependentes químicos beneficiada com um polo de ensino à distância no Brasil. De acordo com a assistente social da Fazenda da Paz, Diana Pacífico, serão abertas 50 vagas.

Ao final do curso, os alunos estarão habilitados como técnicos de nível médio para atuar na área administrativa. A parceria vai ajudar a inserir o dependente químico no mercado de trabalho.

Jovens fazem curso de torneiro mecânico

Está previsto para iniciar este mês o curso de torneiro mecânico, que vai beneficiar adolescentes na faixa etária de 15 a 17 anos, em situação de risco ou vulnerabilidade social. O projeto denominado “Construindo o Saber” será realizado pela Fazenda da Paz, em parceria com o Banco do Nordeste, através do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

O curso tem duração de um ano e acontecerá no centro de produção da Fazenda da Paz, localizado no bairro Vermelha. Ao todo, o projeto favorece 160 pessoas, considerando 40 adolescentes que farão o curso e, indiretamente, 120 familiares. Os jovens beneficiados são assistidos pela SASC, pela Paróquia Padre Antônio Cruz e pelo MP3, além de alguns adolescentes acompanhados pela SEMJUV.

De acordo com Célio Luiz Barbosa, o projeto Construindo o Saber faz parte do trabalho de prevenção desenvolvido pela Fazenda da Paz. “Profissionalizando esses adolescentes estamos oferecendo novas perspectivas e dando oportunidade para que eles nunca conheçam a droga”, afirma Célio Luiz. O projeto está orçado em R$ 136 mil.

Somente com aquisição de equipamentos e insumos serão investidos quase R$ 25 mil. A Fazenda da Paz já possui seis tornos, que são as máquinas necessárias para a realização do curso. Isso significa que os jovens terão toda a infraestrutura essencial para o aprendizado.

Fonte: Jornal Meio Norte