Fazenda do tráfico pode se transformar em centro de treinamento

A fazenda, onde foii apreendid\ a droga, possui 10 hectares.

O Governo do Estado, por meio da Secreaária da Segurança Pública, já requisitou à Justiça a posse da fazenda onde a polícia encontrou seis roças de maconha, no município de Miguel Leão. Está sendo feito um levantamento sobre todos os bens apreendidos, como um caminhão roubado em Pernambuco.

O secretário Fábio Abreu informou que o local, com cerca de 10 hectares, pode ser utilizado para treinamento ou atendimento especializado.

“Já requisitamos a fazenda à Justiça e ela pode vir a ser um centro de treinamento para bombeiros e policiais civis e militares. Podemos ainda usar como um local para recuperação de dependentes químicos. Acredito que teremos resultado positivo”, afirmou.

Na fazenda foram encontrados, pela Polícia Militar e Delegacia de Entorpecentes, nove toneladas de droga embalada e pronta para comercialização. Dessas, cinco toneladas foram incineradas em Teresina. Havia ainda um sistema de irrigação próprio onde eram cultivados 50 mil pés de maconha.

Em julho deste ano, a parceria entre o Executivo Estadual, por meio da Secretaria da Segurança, e o Poder Judiciário garantiu o confisco de quase R$ 1 milhão em bens do tráfico após a queda de um avião em São Miguel do Tapuio. Foram vários veículos destinados às delegacias especializadas, rádios comunicadores, caminhão pipa, tanques de combustível e bomba elétrica para abastecimento de aeronaves.

Fábio Abreu ressalta a sensibilidade do Poder Judiciário em compreender a importância de reverter para as forças de segurança bens conseguidos de forma ilícita pelo tráfico de drogas ou qualquer outra modalidade de crime. “Nosso grande objetivo é esse. A cada apreensão, trazer os bens dos criminosos para combater o próprio crime”, completou.


Fonte: Ascom