Fé leva 4 mil fiéis para santuário em Santa Cruz dos Milagres

O evento consagra os 300 anos do aparecimento da imagem

O senhor Manoel Lopes não se incomodou com o sol escaldante de Santa Cruz dos Milagres. Católico fervoroso, o agricultor estava tomado pela emoção de ter, pela primeira vez, a imagem de Nossa Senhora Aparecida perto dele. “Eu sempre sonhei com isso porque Maria representa muito para mim”, disse.

O Santuário de Santa Cruz dos Milagres, localizado a 140 quilômetros de Teresina, atraiu mais fiéis do que o normal neste domingo (4). O motivo foi a acolhida da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil, que desde o dia 1º de outubro está no Piauí. Pelo menos quatro mil pessoas participaram do momento de fé, segundo estimativas da Casa Paroquial.

Santa Cruz dos Milagres foi a quinta cidade piauiense que recebeu a Rota 300 da Caravana “Mãe de Deus”. O evento consagra os 300 anos do aparecimento da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul. Idosos, crianças, adultos e adolescentes. Devotos de todas as idades fizeram súplicas e agradeceram as graças alcançadas diante da “discípula perfeita”.

Image title


É o caso da dona de casa Maria Lindalva Freires. Desde 1962 ela é devota de Nossa Senhora Aparecida. “Sou muito abençoada. Toda noite rezo o terço e sempre que peço alguma coisa, minha santa me atende”, conta. Essa foi a quarta vez que a fiel conseguiu tocar na imagem peregrina. “Sempre é uma emoção diferente”, relata Maria Lindalva.

Quase todo devoto da santa tem uma espécie de “milagre” atendido por ela. Irene Avelino levou a família completa, cerca de 20 pessoas, da cidade de Esperantina para Santa Cruz dos Milagres a fim de cumprir uma promessa à Nossa Senhora Aparecida. Ela afirma que sua mãe estava doente e conseguiu se curar graças à padroeira do Brasil.

“Minha mãe tinha diabetes e desenvolveu um problema na perna. Graças à fé que nós temos em Nossa Senhora Aparecida, ela ficou boa”, conta Irene Avelino. Apesar de Santa Cruz dos Milagres ser consagrada como a cidade mais católica do Piauí, o prefeito do município, Neto Minervino, considera que a visita da imagem incrementa o catolicismo na região. Para o gestor municipal, o momento é de “grande alegria”.

“Além de Santa Cruz, hoje temos na cidade a Nossa Senhora Aparecida. Nós estamos muito orgulhosos”, ressalta o prefeito. Após a celebração da missa presidida pelo padre Francisco Borges, organizador da Caravana Mãe de Deus, e do pároco local, a imagem da imaculada ficou no santuário até as 14h. Devotos puderam se aproximar da santa e fazer orações.

Depois de Santa Cruz dos Milagres, a peregrinação da caravana seguiu para o município de Monsenhor Gil, onde, sob muita emoção dos fiéis, uma missa campal foi realizada. A imagem de Nossa Senhora Aparecida veio diretamente do Santuário de Aparecida (SP) e fica no Piauí até o dia 12 de outubro, feriado nacional e Dia da Padroeira do Brasil.


Fora Monsenhor Gil e Santa Cruz dos Milagres, somente neste final de semana a Caravana Mãe Deus esteve em Água Branca, Barro Duro e Valença do Piauí. Hoje (5) a imagem será levada para União e depois Teresina, onde será realizada uma procissão fluvial às 17h30. A concentração da acolhida é no Encontro dos Rios, no Bairro Poty Velho, na zona Norte.

Fonte: Pollyana Carvalho e Izabella Pimentel