Festividades para Nossa Senhora Aparecida devem reunir 228 mil pessoas

Romeiros de todo País vistam o santuário de Nossa Senhora Aparecida

 Cerca de 228 mil romeiros são esperados neste domingo e segunda no Santuário Nacional de Aparecida para as festividades em louvor à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. O movimento maior deve acontecer hoje na Basílica Nacional, maior templo mariano do mundo e a segunda maior basílica, perdendo apenas para a de São Pedro, no Vaticano.

Peregrinos vindos de todas as regiões do País chegam com o objetivo rezar e pagar promessas no interior do Basílica Nacional, que abriga a imagem da santa, encontrada por três pescadores no rio Paraíba, em 1717. Desde a manhã de ontem o movimento é intenso na igreja, principalmente na área que dá acesso onde está a imagem de Nossa Senhora Aparecida e também nos pontos utilizados para pagamentos de promessas, como as salas das Velas e das Promessas e a Passarela da Fé.

A passarela, que tem 392 m de comprimento, é um dos pontos mais visitados da cidade e liga o Santuário Nacional, onde está a imagem da padroeira, até a Basílica Velha, local que abrigou a imagem por 270 anos. De acordo com a administração do Santuário Nacional, Aparecida recebe anualmente cerca de 9,5 milhões de romeiros. A igreja comporta 45 mil pessoas em cada missa. Muitos peregrinos chegam à cidade a pé após percorrer centenas de quilômetros para pagar promessas. Durante o trajeto muitos carregam cruzes de madeira, maquete da igreja e a imagem da santa.

O tráfego de veículos é intenso desde a noite de sexta-feira na rodovia Dutra, principal via de acesso a Aparecida. Segundo o inspetor Alexandre de Freitas, da 8ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal, o maior movimento de veículos neste domingo deve ser registrado entre 7h e 10h, e entre 17 e 20h.

"A fiscalização será intensificada ao longo de toda a rodovia no trecho entre São Paulo e Rio de Janeiro, principalmente no período da tarde e início da noite, no retorno dos romeiros", afirmou Freitas. Hoje a igreja tem em sua programação seis missas e o encerramento da Novena de Nossa Senhora, às 19h, além de procissão, ás 21h, e em seguida a vigília. Há 56 anos as festividades em louvor à padroeira são realizadas no dia 12 de outubro, data determinada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para que houvesse uma associação com o descobrimento da América. A data também coincide com o Dia das Crianças, já que Nossa Senhora é considerada pela Igreja Católica como a mãe dos cristãos.

Dia da padroeira

O ponto alto das festividades em Aparecida será amanhã, com a celebração de missas, procissão e show católico com o padre Fábio de Melo, que fará o lançamento do CD e DVD Eu e o Tempo. Os festejos em louvor à padroeira serão iniciados ainda de madrugada, ás 5h com alvorada festiva e ás 5h30 missa de abertura. Este ano a festa tem como tema "Pelas Mãos da Senhora Aparecida encontramos Jesus". A celebração das 8h será presidida pelo reitor do Santuário Nacional, padre Darci Nicioli e contará com a presença do astronauta brasileiro Marcos Pontes, que conduzirá a imagem da santa até o altar central.

A missa solene de 12 de outubro será iniciada ás 10h, pelo arcebispo de Salvador (BA), Dom Geraldo Magela, que irá coroar a imagem de Nossa Senhora Aparecida. A soprano Sylvia Klein fará uma homenagem á padroeira e o ator Eriberto Leão conduzirá a imagem até o altar. O arcebispo de Aparecida e presidente do Celam (Conselho Episcopal Latino Americano), Dom Raymundo Damasceno Assis, não participará das celebrações porque está em Roma participando da 2ª Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos.

Amanhã, em Roma, o arcebispo presidirá a missa em honra à Nossa Senhora Aparecida, na capela dedicada à Padroeira do Brasil, no Pontifício Colégio Pio Brasileiro, em Roma. O convite para a celebração foi feito pelo padre reitor do colégio, João Roque Rohr. Participarão da missa autoridades civis e militares, o embaixador do Brasil junto a Santa Sé, Luiz Felipe de Seixas Correa e também a comunidade brasileira em Roma. A missa será ás 17h (horário de Roma), 12h, hora de Brasília.

Fonte: Terra, www.terra.com.br