Filha de Michael Jackson emociona multidão no funeral em Los Angeles

Momentos antes, os parentes do cantor se somaram a outros artistas para a interpretação de dois clássicos da carreira de Michael

O funeral de Michael Jackson terminou nesta terça-feira (7) em Los Angeles com um emocionante depoimento de sua filha Paris, 11 anos, que chorou ao lembrar das qualidades do "rei do pop". "Desde que nasci, meu pai foi o melhor pai que se pode imaginar, e quero dizer apenas que o amo muito", afirmou, em lágrimas.

Momentos antes, os parentes do cantor se somaram a outros artistas para a interpretação de dois clássicos da carreira de Michael, We Are The World e Heal The World. Paris e seus irmãos, Prince Michael I, 12, e Prince Michael II, 7, foram ao Stalpes Center acompanhados dos avós e tios.

Em seguida, os familiares assumiram o microfone e falaram com o público. "Uma parte de ti viverá sempre em todos nós. Pode ser que agora, Michael, te deixem tranquilo. Obrigado por todos os sorrisos que pôs nos corações de tanta gente e por tudo o que fez pelos outros. Te amo, Michael, e sinto saudades", disse Marlon Jackson, um dos irmãos do cantor, muito emocionado.

O caixão dourado com o corpo de Michael esteve presente durante todo o evento, que se estendeu por mais de duas horas e meia e foi acompanhado pela televisão em todo o planeta.

Adeus ao rei do pop

Michael Jackson sofreu uma parada cardíaca no dia 25 de junho. O músico chegou a ser conduzido ao UCLA Medical Center, em Los Angeles, mas foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília). Especula-se que o músico possa ter sofrido um enfarto em decorrência do uso excessivo de medicamentos, mas os resultados dos testes toxicológicos da necropsia realizada no corpo só devem ser divulgados em agosto.

Fonte: Terra, www.terra.com.br