Filho de deputado, lutador de MMA é acusado de agressão em balada no Rio

O lutador de MMA Paulo César Melo, conhecido como Pituco, se envolveu em uma grande confusão

O lutador de MMA Paulo César Melo, conhecido como Pituco, se envolveu em uma grande confusão na saída de uma festa em Saquarema, Região dos Lagos do Rio, na madrugada do último domingo ? 29 de dezembro. Filho do deputado estadual Paulo Melo ? também presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), o atleta foi acusado de agredir um professor de educação física que estava no mesmo evento.


Filho de deputado, lutador de MMA é acusado de agressão em balada no Rio

O professor Ângelo Vidal da Fonseca, de 30 anos, desmaiou por conta da agressão, ficou com hematomas por todo o rosto e ainda levou oito pontos em um corte abaixo do olho direito.

Ele foi socorrido por bombeiros e levado para um hospital municipal. A informação foi divulgada pelo jornal O Dia e confirmada pela 124ª Delegacia de Polícia, em Saquarema, onde a vítima registrou queixa.

"Gostaria de agradecer a todo apoio de amigos e familiares pela fase difícil que eu estou passando. Se Deus quiser, irei me recuperar o mais rápido possível e em breve estarei de volta as minhas atividades cotidianas. Um Feliz 2014 a todos e que seja um ano de muita paz e felicidades pra todos nós", escreveu o professor agredido em sua conta na rede social Facebook.

Segundo relatos da vítima, ele e Pituco se desentenderam ainda dentro da festa e, após o evento, foram aconselhados por seguranças a deixar o local para evitar confusão. No entanto, o filho do deputado, que estava com outros amigos, seguiu o carro de Ângelo e acabou agredindo o professor em uma via próxima do local da balada.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do deputado Paulo Melo informou que o parlamentar já tomou ciência do caso e ficou muito chocado com a atitude do filho. O presidente da Alerj disse, através de porta voz, que não irá "passar a mão na cabeça" de Pituco e que ele deverá pagar pelos seus erros.

Paulo Melo ainda confirmou que, assim que voltar de férias ? está fora do Brasil ?, pedirá desculpas aos familiares do professor agredido. O deputado é oriundo da região de Saquarema e disse que não pode concordar com tal violência.

"O Paulo já cansou de falar para o filho que a responsabilidade deve ser dobrada pelo fato do pai ser uma pessoa pública e com um cargo de deputado. Ele está muito abalado, envergonhado, já informou que vai cobrar providências e não irá proteger o filho, caso o erro se confirme", completou a assessoria de imprensa do deputado.

Passado problemático

E a polêmica do último domingo não foi a primeira de Pituco. Conhecido por ser um jovem "polêmico e brigador", o lutador de MMA já deu problemas para o pai em outras vezes.

Pessoas próximas contaram ainda que Paulo César Mello demonstra tal personalidade difícil desde muito jovem. Quando criança, ele viu a mãe morrer na sua frente, queimada por um exaustor dentro do banheiro, e se tornou uma pessoa agressiva e problemática.

Fonte: UOL