Filho e neto são suspeitos de matarem idosa por maus tratos

Idosa foi encontrada morta bem magra, segundo o IML

Uma senhora de 87 anos foi encontrada morta na noite de segunda (17) dentro da casa onde vivia na Rua Pasto Júlio Dantas, no Conjunto João Paulo II, Zona Norte de Manaus. Segundo informações da vizinha, Andréa Fonseca, a idosa foi vítima de uma série de maus tratos cometidos pelos próprio filho e neto e estava muito magra quando faleceu.

No fim da tarde da última segunda (17), a vizinha entrou em contato com o serviço de Assistência Social da Prefeitura de Manaus para pedir ajuda. Ao chegar ao local, a servidora pública viu o estado em que a idosa se encontrava e chamou a polícia, porém, a senhora de 87 anos já se encontrava morta.

Autuado pelo crime de maus tratos, o filho da vítima foi preso e encaminhado até à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa. Já o neto da idosa conseguiu fugir e, até a manhã desta terça, ainda continua foragido.

Em depoimento no 15° Distrito Integrado de Polícia, a assistente social informou que, pelo corpo da vítima, foram encontradas marcas que apontavam que idosa era amarrada para não fugir do local.

Histórico de maus tratos

Já a testemunha informou em entrevista que a vítima vinha sofrendo de negligência de cuidados do filho de 56 anos e do neto de 26 anos, os quais a deixavam sozinha dentro de casa, trancada, enquanto iam sair para beber.

Andréa Fonseca afirma que tentou ajudar a vizinha nos últimos três anos, porém, não tinha muito acesso a idosa, pois os suspeitos não permitiam. Ela disse ainda que procurou a Delegacia do Idoso para registrar o caso, porém, não obteve sucesso.

Fonte: G1