Filme de brasileiro é aplaudido de pé em festival internacional

Filme de brasileiro é aplaudido de pé em festival internacional

O filme foi ovacionado pelo público presente à sessão de gala em que foi exibido.

"Na Estrada", filme do brasileiro Walter Salles, passou por duas situações distintas na suas exibições desta quarta-feira (23) em Cannes.

Na manhã, a produção foi recebida com poucos aplausos e uma certa frieza por parte da imprensa mundial. À noite, porém, o filme foi ovacionado pelo público presente à sessão de gala em que foi exibido.

O longa começou a ser aplaudido ainda nos créditos, mas, quando as luzes foram acesas, todas as pessoas que estavam no cinema se levantaram para cumprimentar a equipe.

Apesar de a atitude ser normal nas sessões com os responsáveis pelas produções, a rodada de aplausos durou cerca de seis minutos, chegando quase a uma aclamação.

A Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, assistiu ao filme na área reservada ao júri oficial de Cannes e gostou do que viu. "O filme é lindo. Acho que tem chances de ganhar a Palma de Ouro", disse a ministra, que deixa a cidade nesta quinta-feira (24).

O diretor brasileiro fez questão de cumprimentar todos os atores --Kristen Stewart, Viggo Mortensen, Garrett Hedlund, Sam Riley, Kirsten Dunst, Tom Sturridge e Danny Morgan-- e o produtor Roman Coppola com dois beijos. Ele ainda agradeceu ao público, que contava com o ator Robert Pattinson, presente para prestigiar a namorada, Kristen, e um dos primeiros a chegar ao Palais des Festivals.

Hedlund, dono do papel de Dean Moriarty, um dos amigos que viaja pelos Estados Unidos em busca de experiencias sexuais e de "expansão da mente", era o mais emocionado do elenco.

Fonte: Folha