Final do recadastramento dos servidores estaduais será neste sábado

A 1ª etapa para os servidores se recadastrarem encerra sábado

Está prevista para o próximo dia 22 o final da primeira etapa do recadastramento para atualização de dados cadastrais dos servidores públicos estaduais do Piauí. Até o momento, cerca de 35 mil servidores se recadastraram pela internet, através do endereço eletrônico: http://www.recad.pi.gov.br/SIPREV .

A Secretaria Estadual de Administração e Previdência (Seadprev) disponibilizam ainda para que os servidores possam tirar qualquer dúvida o telefone 08000 280 3655.

Outra possibilidade de tirar dúvida é através do manual do usuário, no endereço http://www.recadastramento.pi.gov.br/manual.pdf onde é possível ver um passo a passo para realizar o recadastramento completo.

Todos os servidores devem se recadastrar, sejam eles ativos, inativos, pensionistas e comissionados. Esta primeira fase é para os efetivos, inativos e dependentes. A fase inicial começou dia 22 de junho e segue até 22 de agosto. Passado esse prazo, o servidor será notificado e terá 30 dias para repassar informações complementares pessoalmente.

Na segunda fase, além desses, deverão atualizar os dados cadastrais e funcionais os comissionados e quem tem contrato temporário com o Estado. Os terceirizados e os estagiários não estão incluídos nesse processo. A segunda etapa vai acontecer de 1º de setembro a 30 de outubro. Nessa fase, será feita a validação do pré-cadastro, entrega e digitalização de documentos e coleta biométrica.

De acordo com o Secretário da Administração e Previdência, Franzé Silva, essa etapa de coleta de dados via internet é importante e facilita a vida do servidor porque evita filas. “O preenchimento dos dados pode ser feito com calma, à noite, em casa. Cada janela que é preenchida com as informações deve ser fechada/finalizada para dar prosseguimento com mais velocidade nas próximas etapas”, afirma Franzé.

O gestor destaca que, com a coleta de dados, o Estado terá mais informações sobre o desempenho de cada servidor. “Vamos melhorar os recursos humanos e, consequentemente, a estrutura. A população também ganha porque melhora o atendimento ao público”, explica o secretário.


Fonte: Ccom