Flamenguista morre atropelado no Rio

De acordo com o delegado, o motorista do caminhão --do supermercado Zona Sul-- evadiu do local sem prestar socorro

Um torcedor do Flamengo morreu ao ser atropelado por um caminhão na zona sul do Rio, no início da noite deste domingo. Segundo o delegado-adjunto da 14ª DP (Leblon) Gustavo Valentini, o torcedor de 26 anos comemorava o segundo gol do seu time na rua rua Conde de Bernadotte, no Leblon, por volta das 18h30, quando foi atingido.

De acordo com o delegado, o motorista do caminhão --do supermercado Zona Sul-- evadiu do local sem prestar socorro. Uma prima da vítima afirmou que ele estava ao lado dela em um bar, e quando houve o gol do Flamengo, o primo correu para o meio da rua para comemorar.

Valentini informou à Folha Online que já entrou em contato com a empresa e aguarda as informações sobre o motorista envolvido ainda na noite deste domingo para saber se o condutor viu que atropelou um torcedor no tumulto.

Os torcedores do Flamengo invadiram as ruas do Rio de Janeiro para comemorar o título do Campeonato Brasileiro, conquistado com uma vitória sobre o Grêmio por 2 a 1, no estádio do Maracanã, em partida válida pela última rodada da competição.

Os principais pontos de comemoração da torcida rubro-negra foram no bairro do Leblon, na esquina da avenida Ataulfo Paiva com a rua Carlos Góis, na Gávea e também no Baixo Gávea, tradicionais pontos de comemoração dos torcedores flamenguistas.

O Flamengo voltou a ser campeão do Campeonato Brasileiro após 17 anos --o último título tinha sido em 1992. A equipe da Gávea também foi campeã em 1980, 1982, 1983 e 1987 (Módulo Verde da Copa União). Oficialmente, a CBF não reconhece o Flamengo como campeão de 1987, mas sim o Sport. Porém o Módulo Verde, vencido pelo time carioca, reunia os principais clubes do país naquele ano.

Os gols da vitória do Flamengo foram marcados pelos zagueiros David, aos 29min da primeira etapa, e Ronaldo Angelim, aos 24min do segundo tempo. Já o Grêmio abriu o placar com Roberson, aos 21min da etapa inicial.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br