Fotógrafa faz ensaio para mostrar que não existe ‘coisa de menina’

Além de fotografar os garotos fazendo suas atividades preferidas.

O filho da fotógrafa Kirsten McGoey gosta de jogar futebol, mas curte mesmo dançar. Segundo a mãe, ele gosta tanto de rodopiar pela casa que sua cabeça gira só de lembrar. Ele foi a grande inspiração para a série A Boy Can Too (“Um Menino Também Pode”), que retrata garotos e suas paixões ainda consideradas “coisa de menina”.

Kirsten conta que sempre foi uma garota que gostava de coisas “de menino”, e que por isso as bandeiras pela igualdade de gênero a tocavam bastante, porque a ajudavam a não deixar de fazer o que gostava por causa da opinião dos outros. Mãe de três garotos, ela percebeu que isso também acontece com os meninos.

O projeto começou com seu filho do meio, de 8 anos. Ele sempre gostou de dançar, cantar, encarnar personagens e sapatear. Depois que divulgou as primeiras imagens, logo conheceu casos de outros meninos que sofreram julgamentos por causa de seus gostos.

Além de fotografar os garotos fazendo suas atividades preferidas, ela conversa com eles e tenta entender as coisas pelas quais eles passam.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Hypeness