Fundação Wall Ferraz beneficia mais de 10 mil pessoas em 2015

Serviços foram prestados gratuitamente

Ao longo de 2015 a Fundação Wall Ferraz (FWF) prestou diversos serviços à população. Entre cursos de capacitação, ações sociais, pré-vestibular e palestras, foram 10.637 pessoas beneficiadas. Todos estes serviços foram prestados de forma gratuita, qualificando os moradores de Teresina e regiões próximas, fornecendo ao mercado de trabalho maior quantidade de profissionais capacitados.

Cursos da Fundação Wall Ferraz (Crédito: Reprodução)
Cursos da Fundação Wall Ferraz (Crédito: Reprodução)

Para chegar a esse número, a FWF contou com várias parcerias, como a Fundação Padre Antônio Dante Civiero (FUNACI), Fundação João Alves de Deus (FUNJAD), Fazenda da Paz e Fundação Nossa Senhora da Paz, além de várias entidades comunitárias. Também houve parceria com a Vikstar, que capacitou jovens e adultos nas áreas de Operador de Call Center e Operador de Microcomputador, colocando pessoas no mercado em áreas que mais crescem na capital. Apenas em Operador de Call Center são cerca de 10 mil profissionais empregados na cidade e, de acordo com as pesquisas, esta é a área que mais contratou no ano de 2015.

Somente no programa Universidade ao Alcance de Todos (UNITODOS) cerca de 2.500 pessoas foram atendidas através do pré-vestibular gratuito,direcionado a estudantes oriundos de escola pública de ensino nos 30 núcleos distribuídos por toda a cidade. Neles, os alunos tiveram aulas por seis meses ininterruptos, de forma presencial, na expectativa de terem seus nomes na lista de aprovados do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem e/ou outros vestibulares.

As Ações de Cidadania levaram aos mais diversos bairros de Teresina, através da realização de eventos, serviços gratuitos à população, principalmente na área da beleza, como cortes de cabelo, beneficiando cerca de 3.000 pessoas. Nelas, também aconteciam exposições de artesanatos, feitos pelos alunos dos cursos, demonstrando todo o conhecimento adquirido.

O Balcão do Trabalhador também teve papel de destaque no ano de 2015. Ele, que funciona como intermediário entre os profissionais disponíveis no mercado, concludentes dos cursos ofertados pela FWF e as empresas, realizou vários workshops dando dicas sobre o mercado de trabalho. Aproximadamente 1.000 pessoas compareceram às palestras, onde aprenderam desde como preparar o currículo até o comportamento ideal no ambiente de trabalho.

Para a presidente da Fundação Wall Ferraz, Aparecida Caland, esses números servem como incentivo para o ano de 2016.  Para ela, a meta é sempre levar os serviços cada vez mais próximos da população, que é importante não apenas para qualificar as pessoas, mas também para promover mudanças sociais, não só dos alunos, mas das localidades onde vivem.

Fonte: Com informações do Portal do Governo