Galeria transborda esgoto no Horto Florestal há uma década

A situação já foi denunciada aos órgãos competentes diversas vezes.

A galeria do Horto Florestal, zona Leste de Teresina, localizada na Avenida Coronel Costa Araújo, próximo ao cruzamento desta com a Rua Professor Madeira, transborda há pelo menos uma década.

Quem diz isso são os moradores do entorno, que apesar de residirem em um dos endereços mais caros da capital, já estão cansados do mau cheiro da estrutura, que vive entupida e derramando esgoto pelo calçamento.

A situação já foi denunciada aos órgãos competentes diversas vezes pela população, mas até agora nenhum retorno plausível foi dado. A área, embora majoritariamente residencial, concentra pontos comerciais, escritórios, lava a jatos e outros tipos de serviço, que também são prejudicados com o mau cheiro. Na época das chuvas a situação piora, pois a água se mistura ao esgoto e o volume derramado na via é ainda maior.

Porém, mesmo sem chuvas, o esgoto continua com fluxo contínuo, atravessando a Avenida Coronel Costa Araújo de uma ponta a outra. “Isso é um absurdo. Nós, moradores, convivemos com esse problema há muito tempo.

Image title

Essa galeria não transborda de hoje, faz muito tempo que ela está nessa situação. O cheiro é horrível, sempre temos que desviar desse trecho da rua, porque é um nojo passar por aí”, comenta a autônoma Raimunda Pereira.

“Essa galeria transborda faz tempo. Construíram e depois de um tempo ela ficou entupindo direto. Aí tanto eles vinham consertar, mais ela tornava a ficar ruim de novo.

Até que eles cansaram de vir e ficou assim, do jeito que está. Toda nojenta, derramando esgoto na porta das casas do pessoal”, complementa a senhora.

Esgoto já invadiu piscina de residência no Horto Florestal

Para alguns, os transtornos são ainda piores: imagine ter a própria casa invadida por uma onda de água suja. Foi o que aconteceu com Robson Ferreira Passos, que mora bem em frente à estrutura prejudicada.

"O esgoto já invadiu a casa, alagou até a piscina, que ficou cheia de lama e tivemos que secar inteira para poder limpar. Isso é um absurdo, ela [a galeria] entope e fica a lama pura. Entra nesse terreno baldio e o fedor de fossa fica 'por cima'. Fora os casos dos carros que ficam aí, presos na lama e no alagamento", destaca Robson.

E as reclamações não foram poucas, tanto que a demanda já foi encaminhada à SDU/Leste. Atualmente, a estrutura está cercada por estacas e fita isolante.

Para José Alberto, gerente de obras da Superintendência de Desenvolvimento Urbano da Zona Leste (SDU/Leste), o problema acontece em razão de uma tubulação antiga. "Esse problema acontece todos os anos porque passa uma rede antiga do Sanear, que acaba captando água e causando transbordos.

Essa tubulação antiga foi substituída, mas a antiga permaneceu", afirma. Procurada pela reportagem, o órgão garante que vai averiguar a situação e tomar as medidas cabíveis.

A Agespisa informa que, na manhã de quarta-feira, 17, encaminhou uma equipe à Avenida Coronel Costa Araújo, no Bairro Horto Florestal, para averiguar a situação da galeria no local. A empresa não identificou extravasamento de esgoto no cruzamento com a Rua Professor Madeira.

Na semana passada, uma equipe da Agespisa desobstruiu uma tubulação da rede de esgoto no local, que estava provocando extravasamento. Para solicitações de serviços e reclamações, os usuários podem ligar 0800 086 8888. O serviço funciona 24 horas, inclusive nos feriados. A ligação é gratuita também de telefones celulares.

População teme que esgoto traga doenças

Para Ilana Lopes, vizinha da galeria, o buraco malcheiroso também traz o risco de doenças. "A galeria acumula lixo, e o lixo faz com que a água que seria para escoar fique represada, daí o mau cheiro e as doenças provenientes do esgoto. Fora isso, quando chove, a rua fica intransitável", comenta.

O esgoto é tanto que chega a encobrir os buracos - que não são poucos - deste trecho da Avenida Costa Araújo, que de maneira geral possui um calçamento muito ruim.

A via, que possui um fluxo de veículos considerável após as mudanças no trânsito realizadas recentemente, tem um calçamento que foi "jogado de avião", como brincam os moradores.

Os prejuízos são para os condutores de motos e carros, que se não passarem devagar, correm o risco de perder os pneus e suspensões. A Avenida Coronel Costa Araújo é extensa, uma das maiores da zona Leste, e liga a Avenida Presidente Kennedy até a Avenida Raul Lopes.


Fonte: Pollyana Carvalho e Lucrécio Arrais