Galinha chocadeira adota nove cães que nasceram ao lado do ninho

Adoção chamou atenção dos caseiros do sítio de Francisco Beltrão, no PR. Cadela abandonada se abrigou no galinheiro; na terça-feira (2) ela morreu.

Uma galinha adotou nove cachorros que nasceram ao lado do ninho em que ela chocava alguns ovos. Os caseiros que cuidam da propriedade rural de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, ficaram surpresos com o comportamento da ave. A história inusitada começou há cerca de um mês, quando a cadela Pitchuca foi abandonada já prenhe perto da sede rural do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) da cidade.


Galinha chocadeira adota cachorros que nasceram ao lado do ninho

Procurando um lugar para se proteger e ter os filhotes, a cachorrinha acabou se abrigando no galinheiro ao lado de um ninho com ovos. Quando os cachorrinhos nasceram, Pitchuca quebrou os ovos. Sem pintinhos para criar, a galinha passou a tomar conta dos nove cãezinhos. Apesar das diferenças, os filhotes aproveitaram as vantagens de ter duas mães, uma que cuida e outra que amamenta. Mas o relacionamento entre a galinha, a cadela e os cachorrinhos que ia bem foi interrompido na terça-feira (2), quando Pitchuca foi atropelada e morreu.

Órfãos, os filhotes estão sendo novamente adotados, desta vez por outras famílias. A diarista Rose Paim é uma das pessoas que se sensibilizou pelo caso dos cachorrinhos órfãos de uma das mães. ?Fiquei sabendo da história pelo rádio e resolvi ficar com um deles. Vou cuidar dele tão bem como as outras mães cuidaram?, brinca.

Etologia

Este tipo de adoção, por mais inusitado que pareça, é normal. Tratado pela Etologia ? ciência que estuda o comportamento dos animais -, o fenômeno é um processo natural que pode acontecer entre animais semelhantes ou de outras espécies, como neste caso. ?Esta é uma demonstração muito bonita de como a biologia tem forte influência sobre as nossas relações e emoções?, aponta a coordenadora do Departamento de Bem Estar Animal da Universidade Federal do Paraná (UFPR), veterinária Carla Molento.


Galinha chocadeira adota cachorros que nasceram ao lado do ninho

Como explica a especialista, este tipo de comportamento faz parte do desenvolvimento dos indivíduos. Entre os mamíferos o vínculo entre o genitor e os filhotes é praticamente garantido nesta fase inicial da vida porque o alimento está na mãe. Com as aves, é um pouco diferente, e a relação se dá pela aprendizagem por estampagem, em que se aprende imitando.

A veterinária lembra que tanto a galinha como a cadela estavam passando por um período sensível, no qual se estreitam a relação e a ligação emocional entre mãe e filhos, às vezes até entre pai e filhos. ?A galinha acabou adotando os cachorrinhos porque perdeu os ovos. Por outro lado, a cadela não abandonou os filhotes já que os amamentava. Frágeis os cãezinhos tinha em uma e na outra a atenção que procuram nesta fase da vida em que precisam de carinho e proteção.?

Fonte: G1