Garrafinha de água abandonada no carro pode prejudicar saúde

Antes de comprar um objeto de plástico, observe o rótulo.

O bisfenol A (BPA), composto químico presente em objetos de plástico que traz diversos riscos à saúde, ficou bastante conhecido e apareceu nos noticiários a partir de 2011, quando uma determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vetou o uso da substância na produção de mamadeiras.

Garrafa de água no carro (Crédito: Divulgação)
Garrafa de água no carro (Crédito: Divulgação)

As crianças de fato são as mais afetadas pelo BPA, já que, por estarem em desenvolvimento, estariam mais expostas aos perigos do composto. No entanto, adultos também devem evitar utensílios fabricados com a substância, como potes e copos plásticos e até mesmo aquela garrafinha de água que você mantém sempre por perto, no carro, por exemplo.

A garrafa de plástico abandonada no veículo pode ser um veneno para sua saúde por causa do aquecimento natural que ocorre no ambiente fechado, que faz com que o bisfenol A presente no utensílio acabe passando para o líquido, contaminando a bebida.

No organismo, o BPA se comporta como se fosse o estrógeno, hormônio feminino, interferindo no funcionamento de algumas glândulas e na produção de hormônios. A substância ainda está relacionada ganho de peso e ao surgimento de câncer de mama e próstata.

Antes de comprar um objeto de plástico, observe o rótulo e certifique-se de que o produto é livre de policarbonato. Os números 3 ou 7 no símbolo da reciclagem também não devem aparecer na embalagem.  


Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher