Gaza estende tapete vermelho e realiza festival de cinema

Tapete vermelho é estendido para festival de cinema

Em todo festival de cinema tem que ter um belo tapete vermelho.

Cineastas realizaram, na Faixa de Gaza, um festival de cinema no meio das ruínas de um bairros devastado pelo conflito com Israel. Oito meses após a guerra, organizadores do evento levaram um arsenal de cabos de energia para o distrito de Shujaiyeh.

Image title

Além do empenho logístico, havia o risco de bombas não detonadas, que ainda estão sob o solo. Cerca de cem palestinos e 13 israelenses foram mortos no local em julho do ano passado. No total, mas de 2.200 palestinos e 72 israelenses foram mortos durante esta fase do conflito.

Na semana passada, finalmente o tapete vermelho foi estendido, e começou o Festival de Cinema Karama Gaza. O evento foi inteiramente dedicado a filmes sobre osdireitos humanos. Foram exibidas 28 produções da Rússia, da Síria, do Iraque, do Egito, da Jordânia e de outros países.

Image title

De acordo com o World Post, Essam al-Hilu foi encarregado de abrir a cerimônia. Ele perdeu sua casa no distrito e 11 irmãos durante o conflito. Segundo os organizadores, milhares de pessoas compareceram ao evento, que durou três dias.

Cerca de 100 mil palestinos continuam desabrigados, e milhares de casas no local ainda estão em ruínas.

"O povo de Shujaiyeh ainda não tem suas casas até hoje, e esse festival é uma mensagem para que todos pensem neles como seres humanos", disse Al-Mozayen, cineasta palestino e um dos organizadores do evento. O último cinema em Gaza foi fechado na década de 1980.

Fonte: Com informações do Brasil Post