Gêmeos siameses unidos pelo abdômen deverão fazer cirurgia

Gêmeos siameses unidos pelo abdômen deverão fazer cirurgia

Eles têm quatro meses e só podem ser operados a partir dos seis meses.

Os gêmeos siameses Ruan Pablo e Ryan Pedro têm quatro meses de idade e estão unidos pelo abdômen. Eles passam por tratamento para fazer uma cirurgia de separação em São Paulo, mas, enquanto isso, recebem toda atenção e carinho dos pais em Santos Dumont, na Região da Zona da Mata, em Minas Gerais. A mãe deles, a balconista Elaine de Almeida, recebeu a notícia na primeira ultrassom, logo no começo da gravidez. A maternidade, para ela, seria um desafio que apenas uma em cada 100 mil famílias passa.

A família precisa viajar até São Paulo para fazer exames de rotina. Acompanhamento que custa caro, mas tem a ajuda de familiares e amigos. Elaine contou que foi preciso adaptar à nova rotina.

A cirurgia nos bebês só pode ser feita a partir dos seis meses de idade. Enquanto isso, a família busca conhecer mais sobre o caso que é considerado raro na medicina.

A operação para a separação dos bebês é custeada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e como eles têm os órgãos já separados, o caso é encarado como tranquilo pelos médicos.

A formação de gêmeos siameses acontece quando a divisão do óvulo fecundado no útero não é completa.

Fonte: G1