Glória Perez comenta morte da filha: "não foi tesoura, foi punhal"

Após uma embosca, o ator e a mulher teriam desferido 18 tesouradas em Daniella

A autora de novelas Glória Perez comentou nesta sexta-feira sobre a morte de sua filha, a atriz Daniella Perez, ocorrida há exatos 20 anos no Rio de Janeiro. No Twitter, Glória postou links para o site que relata os detalhes do processo, como os depoimentos sobre o caráter dos assassinos - o ator Guilherme de Pádua, que contracenava com Daniella a novela De Corpo e Alma, e sua então esposa, Paula Thomaz.

Após uma embosca, o ator e a mulher teriam desferido 18 tesouradas em Daniella, deixando seu corpo em um matagal na Barra da Tijuca. Antes de as investigações descobrirem que Guilherme de Pádua era uma dos assassinos, o global chegou a prestar solidariedade a Glória Perez e Raul Gazolla, então marido de Daniella.

Glória Perez também comentou nesta sexta sobre tatuagens que Guilherme de Pádua e Paula Thomaz teriam em seus órgãos genitais e sobre informações da perícia de que o casal teria usado um punhal e não uma tesoura para assassinar a atriz.

Fonte: Terra